Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados





Celtic Woman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Celtic Woman





País Irlanda Irlanda
Período 2007 - atualmente
Gênero(s) Música celta
Gravadora(s) EMI e Manhattan
Integrantes Chloë Agnew
Órlagh Fallon
Lisa Kelly - licença
Alex Sharpe
Máiréad Nesbitt
Lynn Hilary
Ex-integrantes Méav Ní Mhaolchatha - Deirdre Shannon - Hayley Westenra
Página oficial {{{site}}}


Celtic Woman é um grupo musical feminino formado por quatro vocalistas irlandesas e uma violinista. As quatro vocalistas são Chloë Agnew, Lisa Kelly, Méav e Orla Fallon e a violinista é Mairead Nesbitt.

O repertório do grupo inclui canções clássicas, canções tradicionais celtas e modernas.

O grupo já lançou 3 álbuns :"Celtic Woman", "Celtic Woman:A Christmas Celebration" e Celtic Woman: A New Journey. O primeiro álbum Celtic Woman foi filmado no Teatro Helix, Dublin, Irlanda em setembro de 2004 para ser exibido pela PBS TV nos Estados Unidos. A estréia foi em março de 2005 e o sucesso foi enorme. O álbum e o DVD foram lançados simultaneamente e conquistaram o disco de platina.

O segundo álbum " Celtic Woman -A christmas celebration" foi lançado em outubro de 2006.

O lançamento do terceiro álbum e DVD correspondente aconteceu no dia 30 de janeiro de 2007. O concerto foi filmado ao vivo no castelo de Slane, Irlanda.A convidada, o soprano Hayley Westenra, participou da gravação de " A New Journey". Ela também aceitou fazer parte da turnê 2007 "Celtic Woman - A new journey" nos Estados Unidos e alternou as datas de concertos com Méav. A turnê teve a duração de 4 meses e terminou em junho de 2007.

O terceiro DVD de Celtic Woman denominado "A Christmas Celebration" foi gravado ao vivo,nos dias 17 e 18 de julho, no Teatro Helix, Dublin. A gravação contou com a participação da Méav, Orla Fallon, Chloë, Lisa Kelly e Mairead ( integrantes originais do grupo).O lançamento está previsto para outubro de 2007.

No dia 17/08/07 Celtic Woman Ltd informou que Méav decidiu não participar das turnês futuras do grupo. Ela pretende ficar mais tempo com a família, dedicar-se à sua carreira solo e à gravação do seu novo CD que será seu 4º trabalho solo com lançamento previsto para início de 2008.

A nova integrante de Celtic Woman é Lynn Hilary.



Testemunho do blog

anihime.blogspot.com/2007/08/celtic-woman.html

Celtic Woman

Hoje queria dedicar um post às magníficas Celtic Woman, das quais sou fã desde que as vi na TV2. Sempre adorei música celta e vozes do tipo delas.
A Sílvia ofereceu-me o dvd do concerto das Celtic Woman: a New Journey, um dos melhores concertos delas q vi na tv. Não coube em mim de contente! Obrigada mais uma vez à Sílvia pela lembrança :) Volta e meia meto-o a tocar quando estou a trabalhar, e ainda gosto tanto como da primeira vez que as ouvi.

O grupo é constituído presentemente por 6 mulheres, fora a orquestra e o resto da equipa por trás do espetáculo.
Elas são:











Méav Ní Mhaolchatha: uma das vozes mais agudas e claras. Dá uns agudos muito bonitos!











Órla Fallon: é a que tem a voz mais grave delas todas. Uma voz mais madura, maternal, mas também suave. De vez em quando lembra-me o timbre da voz da Enya.












Lisa Kelly: é para mim a voz mais doce e simpática. Toda ela inspira simpatia! É por causa disso uma das minhas favoritas. :D











Chloë Agnew: a melhor forma de descrever a voz desta rapariga é comparando-a com os anjos. Se os anjos fizessem um coro nos céus, tinha que estar lá a Chloë com aquele timbre de voz. É simplesmente maravilhoso!











Hayley Westenra: a mais novinha do grupo e também a mais recente. É uma voz jovem com um timbre muito bonito e fresco. Condiz com ela, que me lembra uma princesa. :)











Máiréad Nesbitt: como gosto de deixar o melhor para o fim, apresento-vos por último a Máiréad: a minha favorita. Ela não canta, toca violino. Mas não toca apenas; ela dança, enquanto toca! Saltita, voa pelo palco inteiro, o vestido comprido a esvoaçar atrás dela. É simplesmente encantadora! Quando a vi actuar, só pensava que lhe faltavam as asas para ser uma verdadeira fada. E pelos vistos não sou a única a pensar assim, pois descobri na net que a alcunha dela é “ The Fiddler Faerie” (Fada Violinista – fica mais bonito em inglês :P).

Aqui fica em baixo um vídeo dela a tocar a música "Granuaile’s Dance", no mesmo concerto. Vale a pena, confiem em mim. ;)



Ela está descalça! :D Cute!

Labels: , ,


Ela está descalça!

Welington:

Ver Máiréad Nesbitt

dançando com o violino é tão espantoso como o poderia ser.

É um conjunto realmente espetacular.

A Irlanda mostra as raízes de sua musica e nós vemos

as raízes de todas as canções.

Onde o Rock, o Jaz, o Pop, e o Clássico

beberam as águas da harmonia

O que entoavam as mães gregas

nos tempos de Homero.

O que inspirava as canções de Davi.

E o que deve inspirar

nossas próximas gerações de músicos.

Sempre.


publicado por wellcorp às 17:09 | link do post





Celtic Woman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Celtic Woman





País Irlanda Irlanda
Período 2007 - atualmente
Gênero(s) Música celta
Gravadora(s) EMI e Manhattan
Integrantes Chloë Agnew
Órlagh Fallon
Lisa Kelly - licença
Alex Sharpe
Máiréad Nesbitt
Lynn Hilary
Ex-integrantes Méav Ní Mhaolchatha - Deirdre Shannon - Hayley Westenra
Página oficial {{{site}}}


Celtic Woman é um grupo musical feminino formado por quatro vocalistas irlandesas e uma violinista. As quatro vocalistas são Chloë Agnew, Lisa Kelly, Méav e Orla Fallon e a violinista é Mairead Nesbitt.

O repertório do grupo inclui canções clássicas, canções tradicionais celtas e modernas.

O grupo já lançou 3 álbuns :"Celtic Woman", "Celtic Woman:A Christmas Celebration" e Celtic Woman: A New Journey. O primeiro álbum Celtic Woman foi filmado no Teatro Helix, Dublin, Irlanda em setembro de 2004 para ser exibido pela PBS TV nos Estados Unidos. A estréia foi em março de 2005 e o sucesso foi enorme. O álbum e o DVD foram lançados simultaneamente e conquistaram o disco de platina.

O segundo álbum " Celtic Woman -A christmas celebration" foi lançado em outubro de 2006.

O lançamento do terceiro álbum e DVD correspondente aconteceu no dia 30 de janeiro de 2007. O concerto foi filmado ao vivo no castelo de Slane, Irlanda.A convidada, o soprano Hayley Westenra, participou da gravação de " A New Journey". Ela também aceitou fazer parte da turnê 2007 "Celtic Woman - A new journey" nos Estados Unidos e alternou as datas de concertos com Méav. A turnê teve a duração de 4 meses e terminou em junho de 2007.

O terceiro DVD de Celtic Woman denominado "A Christmas Celebration" foi gravado ao vivo,nos dias 17 e 18 de julho, no Teatro Helix, Dublin. A gravação contou com a participação da Méav, Orla Fallon, Chloë, Lisa Kelly e Mairead ( integrantes originais do grupo).O lançamento está previsto para outubro de 2007.

No dia 17/08/07 Celtic Woman Ltd informou que Méav decidiu não participar das turnês futuras do grupo. Ela pretende ficar mais tempo com a família, dedicar-se à sua carreira solo e à gravação do seu novo CD que será seu 4º trabalho solo com lançamento previsto para início de 2008.

A nova integrante de Celtic Woman é Lynn Hilary.



Testemunho do blog

anihime.blogspot.com/2007/08/celtic-woman.html

Celtic Woman

Hoje queria dedicar um post às magníficas Celtic Woman, das quais sou fã desde que as vi na TV2. Sempre adorei música celta e vozes do tipo delas.
A Sílvia ofereceu-me o dvd do concerto das Celtic Woman: a New Journey, um dos melhores concertos delas q vi na tv. Não coube em mim de contente! Obrigada mais uma vez à Sílvia pela lembrança :) Volta e meia meto-o a tocar quando estou a trabalhar, e ainda gosto tanto como da primeira vez que as ouvi.

O grupo é constituído presentemente por 6 mulheres, fora a orquestra e o resto da equipa por trás do espetáculo.
Elas são:











Méav Ní Mhaolchatha: uma das vozes mais agudas e claras. Dá uns agudos muito bonitos!











Órla Fallon: é a que tem a voz mais grave delas todas. Uma voz mais madura, maternal, mas também suave. De vez em quando lembra-me o timbre da voz da Enya.












Lisa Kelly: é para mim a voz mais doce e simpática. Toda ela inspira simpatia! É por causa disso uma das minhas favoritas. :D











Chloë Agnew: a melhor forma de descrever a voz desta rapariga é comparando-a com os anjos. Se os anjos fizessem um coro nos céus, tinha que estar lá a Chloë com aquele timbre de voz. É simplesmente maravilhoso!











Hayley Westenra: a mais novinha do grupo e também a mais recente. É uma voz jovem com um timbre muito bonito e fresco. Condiz com ela, que me lembra uma princesa. :)











Máiréad Nesbitt: como gosto de deixar o melhor para o fim, apresento-vos por último a Máiréad: a minha favorita. Ela não canta, toca violino. Mas não toca apenas; ela dança, enquanto toca! Saltita, voa pelo palco inteiro, o vestido comprido a esvoaçar atrás dela. É simplesmente encantadora! Quando a vi actuar, só pensava que lhe faltavam as asas para ser uma verdadeira fada. E pelos vistos não sou a única a pensar assim, pois descobri na net que a alcunha dela é “ The Fiddler Faerie” (Fada Violinista – fica mais bonito em inglês :P).

Aqui fica em baixo um vídeo dela a tocar a música "Granuaile’s Dance", no mesmo concerto. Vale a pena, confiem em mim. ;)



Ela está descalça! :D Cute!

Labels: , ,


Ela está descalça!

Welington:

Ver Máiréad Nesbitt

dançando com o violino é tão espantoso como o poderia ser.

É um conjunto realmente espetacular.

A Irlanda mostra as raízes de sua musica e nós vemos

as raízes de todas as canções.

Onde o Rock, o Jaz, o Pop, e o Clássico

beberam as águas da harmonia

O que entoavam as mães gregas

nos tempos de Homero.

O que inspirava as canções de Davi.

E o que deve inspirar

nossas próximas gerações de músicos.

Sempre.


publicado por wellcorp às 17:09 | link do post





















publicado por wellcorp às 05:48 | link do post





















publicado por wellcorp às 05:48 | link do post



Eclesiastes 10:7

Vi os servos a cavalo, e os príncipes andando sobre a terra como servos.


Este texto é um dos que mais reverberam inside meu coração. Muitos receberam cargos e representações, posições de autoridade, de honra, de nobreza, sem possuírem a legitimidade. Muitos desonraram diversas vezes sua posição real, através de seus atos, SEJAM OS TAIS DE presunção; de imoralidade; de exibicionismo; SEJA PELO EXERCÍCIO DE sua insensibilidade ou de sua falta de humildade. Nas nossas igrejas vemos todos os dias essas cenas se repetirem. Homens que receberam autoridade, investidos de cargos ou de posições, mas que não possuíam as premissas que esperávamos deles. Portadores de cargos, mas sem a sabedoria necessária, gente com posição, mas sem a Autoridade do Espírito. Tais como supervisores de escolas bíblicas sem revelações de Deus, ou pregadores sem Poder, ou ministros sem unção, ou administradores sem amor. Gente querendo ser honradas, agraciadas de elogios, gente necessitando aplauso, reconhecimento, bandeiras tremulando. Gente agindo de modo vão, ridículo, contrário à natureza da nobreza que deveriam demonstrar. Servos a cavalo. Não possuem as insígnias, não são possuidoras VERDADEIRAMENTE daquilo no qual se assentam. Parecem príncipes, mas não são. Parecem ter o pastorado. Parecem ser profetas. Parecem ser adoradores. Parecem ser cantores ungidos. Parecem ser evangelistas. Mas não são. Tem o cargo. Mas, neles, é só um título. O cavalo não lhes pertence. Muitos caminharão sem reconhecimento em nossas denominações, homens e mulheres de Deus, que possuem as INSÍGNEAS reais, possuem ministérios verdadeiramente ungidos, deixando marcas espirituais na sua passagem. Mas não possuem os cargos. Não possuem os nomes. Chegam muitas vezes sem serem percebidos, mas deixam marcas nos corações de muitos. Suas orações operaram milagres. Suas pregações, suas palavras, eram cheias de um cheiro celestial. Quando entram num culto, mudam sua temperatura. Quando abraçam, o fazem cheios de amor verdadeiro. Não lhes fazem festas de aniversários. Poucos telefonam quando adoecem. Não lhes festejam, e quando se vão, não haverá festa de despedida. Só a lembrança nos corações de muitos que os ouviram, que riram com eles. Que aprenderam. Que foram consolados. Que foram abençoados.
Eles caminham sobre a terra, contudo não são reconhecidos como príncipes. São tidos como servos. Somente servos.

Que você que hoje anda a cavalo, reconheça os príncipes quando com eles se encontrar.

E que você viva e morra, não como um servo.
sim como um príncipe que hoje cavalga.

cavalgando como se fosse um servo,
que caminha a pé.
publicado por wellcorp às 05:38 | link do post



Eclesiastes 10:7

Vi os servos a cavalo, e os príncipes andando sobre a terra como servos.


Este texto é um dos que mais reverberam inside meu coração. Muitos receberam cargos e representações, posições de autoridade, de honra, de nobreza, sem possuírem a legitimidade. Muitos desonraram diversas vezes sua posição real, através de seus atos, SEJAM OS TAIS DE presunção; de imoralidade; de exibicionismo; SEJA PELO EXERCÍCIO DE sua insensibilidade ou de sua falta de humildade. Nas nossas igrejas vemos todos os dias essas cenas se repetirem. Homens que receberam autoridade, investidos de cargos ou de posições, mas que não possuíam as premissas que esperávamos deles. Portadores de cargos, mas sem a sabedoria necessária, gente com posição, mas sem a Autoridade do Espírito. Tais como supervisores de escolas bíblicas sem revelações de Deus, ou pregadores sem Poder, ou ministros sem unção, ou administradores sem amor. Gente querendo ser honradas, agraciadas de elogios, gente necessitando aplauso, reconhecimento, bandeiras tremulando. Gente agindo de modo vão, ridículo, contrário à natureza da nobreza que deveriam demonstrar. Servos a cavalo. Não possuem as insígnias, não são possuidoras VERDADEIRAMENTE daquilo no qual se assentam. Parecem príncipes, mas não são. Parecem ter o pastorado. Parecem ser profetas. Parecem ser adoradores. Parecem ser cantores ungidos. Parecem ser evangelistas. Mas não são. Tem o cargo. Mas, neles, é só um título. O cavalo não lhes pertence. Muitos caminharão sem reconhecimento em nossas denominações, homens e mulheres de Deus, que possuem as INSÍGNEAS reais, possuem ministérios verdadeiramente ungidos, deixando marcas espirituais na sua passagem. Mas não possuem os cargos. Não possuem os nomes. Chegam muitas vezes sem serem percebidos, mas deixam marcas nos corações de muitos. Suas orações operaram milagres. Suas pregações, suas palavras, eram cheias de um cheiro celestial. Quando entram num culto, mudam sua temperatura. Quando abraçam, o fazem cheios de amor verdadeiro. Não lhes fazem festas de aniversários. Poucos telefonam quando adoecem. Não lhes festejam, e quando se vão, não haverá festa de despedida. Só a lembrança nos corações de muitos que os ouviram, que riram com eles. Que aprenderam. Que foram consolados. Que foram abençoados.
Eles caminham sobre a terra, contudo não são reconhecidos como príncipes. São tidos como servos. Somente servos.

Que você que hoje anda a cavalo, reconheça os príncipes quando com eles se encontrar.

E que você viva e morra, não como um servo.
sim como um príncipe que hoje cavalga.

cavalgando como se fosse um servo,
que caminha a pé.
publicado por wellcorp às 05:38 | link do post
Breve relato sobre e uma viagem insólita

As Escrituras revelam encontros espetaculares com os anjos. Num destes, em Sodoma, anjos caminharamm por toda a extensão da nefasta cidade, por horas, talvez dias, sendo vistos por milhares de pessoas, que num dos mais vergonhosos atos humanos da história, tencionaram assassiná-los. Quando estes finalmente chegam na casa de Ló, parente de Abraão e estrangeiro na cidade, uma turba se preparou para interceptá-los. Os anjos se apresentaram e conversaram com Ló sobre as intenções divinas e sobre o tremendo julgamento que imutavelmente se aproximava da cidade, ordenando que Ló saisse IMEDIATAMENTE da cidade macabra. Ele recusa-se a sair, vêementemente. Condoído da situação de seus genros, ele solicita o tempo inútil de tentar convencê-los a abandonar a cidade condenada. Os anjos sabem que é inútil o que ele intenta fazer. Ele passa horas na cidade argumentando com os que haviam desposado suas filhas, em vão. Uma horda de degenerados se encontra na porta da casa de Ló, com um pedido inusitado. Eles querem que Ló abra suas portas e permitam que eles possam pegar dos anjos para abusar sexualmente deles. Eles perceberam a beleza dos seres que caminharam no meio deles, mas ao em vez de serem tomados pela curiosidade, ao invés de questionarem sobre quem eram os visitantes, cuja formosura os espantara, tudo que sentiram foi vontade de violentá-los, tal era o grau de degeneração da cidade. O grupo que vai para frente da casa de Ló é formado por componentes de diversas classes sociais ou de várias faixas etárias. Havia um consenso entre eles, consenso que envolvia desde adolescentes até a maioridade, numa representação significativa do pensamento da cidade, e este consenso era maldito, era fruto de uma impiedade que era reflexo de seu padrão de conduta, aceito por todos os cidadãos. Ló, numa atitude insensata, numa mistura de honra e estupidez (toda vez que essa atitude de Ló é lida diante de uma congregação mista, suscita muita raiva das adolescentes presentes, das mulheres em geral, que consideram tal ato tão desprezível, a luz da moral moderna, quanto os atos dos próprios Sodomitas) na tentativa de salvaguardar a vida dos seus hóspedes OFERECE suas filhas para satisfação da luxúria da multidão de degenerados. A maldade dos habitantes era tal, seu desejo de abusar dos anjos era tanta, que eles entenderam tal “oferta” como OFENSIVA. A sua vontade maldosa devia prevalecer, ninguém poderia se interpor entre seu “desejo” e a selvageria de sua realização. Por tentar impedir que eles se “satisfizessem” Ló é condenado imediatamente a morte, a perda dos bens, ao estupro e morte das filhas e ainda assim eles “tomariam a força” aos estrangeiros.



Partem do discurso para a ação imediata, batendo em Ló e tentando arrombar a porta da casa onde estão as filhas de Ló, sua esposa e os anjos. Os anjos saem pela porta, toma a Ló das mãos da horda, estendem suas mãos e eles são cegos pela luz que suas mãos emitem. Toda a multidão perde a capacidade de enxergar. Os Anjos entram com Ló e o ordenam a sair da casa. Ló ainda demora a arrumar os pertences, sabendo bem o destino que aguarda a cidade quando seus pés deixarem aquele lugar. Há algo que os anjos sabem sobre o instante em que tal acontecerá. Há um decreto, um tempo em que a cidade deixará de existir. E eles agem como se tal cronograma fosse irrevogável. Eles Apressam a Ló, porque sabem QUANDO tal fato irá ocorrer, e o tempo se esgota rapidamente. Eles finalmente, LITERALMENTE, arrastam a família pelas mãos e correndo vão com eles em direção a saída da cidade, ordenando expressamente que não parem, que não olhem para trás. Pela última vez LÓ ainda argumenta que NÃO QUER IR NA DIREÇÃO DETERMINADA pelos anjos. Nesse momento eu creio que os anjos fizeram uma pergunta aos céus: E AGORA? Deus em conversa íntima com os anjos, sendo misericordioso com Ló, PERMITE que ELE ainda ESCOLHA a direção para onde deseja ir. Os anjos permitem que ele prossiga para onde quer ir, desde que não parasse, não OLHASSEM para trás. O que acontecerá com Sodoma e Gomorra é um cataclisma de dimensões atômicas. A região afetada é muito maior que a soma das áreas de Hiroshima e Nagasaqui, onde algo semelhante a queda de um meteoro, rompimento de placas tectônicas ou a explosão de um vulcão gigantesco, ocorreu. Conscientes do que IRIA ocorrer em MINUTOS os anjos se despedem de LÓ...e RETORNAM para a cidade...

O cataclisma que tornará em cinzas Sodoma e Gomorra não será capaz SEQUER de arranhar aos anjos de Deus...

Na mais insólita viagem que os anjos um dia haveriam de realizar.

Ló teve duas filhas, que um dia lhe geraram filhos. Num outro momento de

crise familiar ao qual não almejo me reportar no momento.

Muitas gerações após tais acontecimentos nasceria uma descendente de Ló de nome Ruth. Seria avó do rei Davi. Que seria antecessor de Maria, de quem nasceria o Cristo.

Ló foi amado. Quando os anjos hoje olham para Cristo assentado a destra do Pai, lembram do dia em que empurraram apressadamente a um certo homem teimoso, naquela campina que hoje cheira a sal e enxofre, ás margens do mar morto.



Welington J F.
publicado por wellcorp às 09:51 | link do post
Breve relato sobre e uma viagem insólita

As Escrituras revelam encontros espetaculares com os anjos. Num destes, em Sodoma, anjos caminharamm por toda a extensão da nefasta cidade, por horas, talvez dias, sendo vistos por milhares de pessoas, que num dos mais vergonhosos atos humanos da história, tencionaram assassiná-los. Quando estes finalmente chegam na casa de Ló, parente de Abraão e estrangeiro na cidade, uma turba se preparou para interceptá-los. Os anjos se apresentaram e conversaram com Ló sobre as intenções divinas e sobre o tremendo julgamento que imutavelmente se aproximava da cidade, ordenando que Ló saisse IMEDIATAMENTE da cidade macabra. Ele recusa-se a sair, vêementemente. Condoído da situação de seus genros, ele solicita o tempo inútil de tentar convencê-los a abandonar a cidade condenada. Os anjos sabem que é inútil o que ele intenta fazer. Ele passa horas na cidade argumentando com os que haviam desposado suas filhas, em vão. Uma horda de degenerados se encontra na porta da casa de Ló, com um pedido inusitado. Eles querem que Ló abra suas portas e permitam que eles possam pegar dos anjos para abusar sexualmente deles. Eles perceberam a beleza dos seres que caminharam no meio deles, mas ao em vez de serem tomados pela curiosidade, ao invés de questionarem sobre quem eram os visitantes, cuja formosura os espantara, tudo que sentiram foi vontade de violentá-los, tal era o grau de degeneração da cidade. O grupo que vai para frente da casa de Ló é formado por componentes de diversas classes sociais ou de várias faixas etárias. Havia um consenso entre eles, consenso que envolvia desde adolescentes até a maioridade, numa representação significativa do pensamento da cidade, e este consenso era maldito, era fruto de uma impiedade que era reflexo de seu padrão de conduta, aceito por todos os cidadãos. Ló, numa atitude insensata, numa mistura de honra e estupidez (toda vez que essa atitude de Ló é lida diante de uma congregação mista, suscita muita raiva das adolescentes presentes, das mulheres em geral, que consideram tal ato tão desprezível, a luz da moral moderna, quanto os atos dos próprios Sodomitas) na tentativa de salvaguardar a vida dos seus hóspedes OFERECE suas filhas para satisfação da luxúria da multidão de degenerados. A maldade dos habitantes era tal, seu desejo de abusar dos anjos era tanta, que eles entenderam tal “oferta” como OFENSIVA. A sua vontade maldosa devia prevalecer, ninguém poderia se interpor entre seu “desejo” e a selvageria de sua realização. Por tentar impedir que eles se “satisfizessem” Ló é condenado imediatamente a morte, a perda dos bens, ao estupro e morte das filhas e ainda assim eles “tomariam a força” aos estrangeiros.



Partem do discurso para a ação imediata, batendo em Ló e tentando arrombar a porta da casa onde estão as filhas de Ló, sua esposa e os anjos. Os anjos saem pela porta, toma a Ló das mãos da horda, estendem suas mãos e eles são cegos pela luz que suas mãos emitem. Toda a multidão perde a capacidade de enxergar. Os Anjos entram com Ló e o ordenam a sair da casa. Ló ainda demora a arrumar os pertences, sabendo bem o destino que aguarda a cidade quando seus pés deixarem aquele lugar. Há algo que os anjos sabem sobre o instante em que tal acontecerá. Há um decreto, um tempo em que a cidade deixará de existir. E eles agem como se tal cronograma fosse irrevogável. Eles Apressam a Ló, porque sabem QUANDO tal fato irá ocorrer, e o tempo se esgota rapidamente. Eles finalmente, LITERALMENTE, arrastam a família pelas mãos e correndo vão com eles em direção a saída da cidade, ordenando expressamente que não parem, que não olhem para trás. Pela última vez LÓ ainda argumenta que NÃO QUER IR NA DIREÇÃO DETERMINADA pelos anjos. Nesse momento eu creio que os anjos fizeram uma pergunta aos céus: E AGORA? Deus em conversa íntima com os anjos, sendo misericordioso com Ló, PERMITE que ELE ainda ESCOLHA a direção para onde deseja ir. Os anjos permitem que ele prossiga para onde quer ir, desde que não parasse, não OLHASSEM para trás. O que acontecerá com Sodoma e Gomorra é um cataclisma de dimensões atômicas. A região afetada é muito maior que a soma das áreas de Hiroshima e Nagasaqui, onde algo semelhante a queda de um meteoro, rompimento de placas tectônicas ou a explosão de um vulcão gigantesco, ocorreu. Conscientes do que IRIA ocorrer em MINUTOS os anjos se despedem de LÓ...e RETORNAM para a cidade...

O cataclisma que tornará em cinzas Sodoma e Gomorra não será capaz SEQUER de arranhar aos anjos de Deus...

Na mais insólita viagem que os anjos um dia haveriam de realizar.

Ló teve duas filhas, que um dia lhe geraram filhos. Num outro momento de

crise familiar ao qual não almejo me reportar no momento.

Muitas gerações após tais acontecimentos nasceria uma descendente de Ló de nome Ruth. Seria avó do rei Davi. Que seria antecessor de Maria, de quem nasceria o Cristo.

Ló foi amado. Quando os anjos hoje olham para Cristo assentado a destra do Pai, lembram do dia em que empurraram apressadamente a um certo homem teimoso, naquela campina que hoje cheira a sal e enxofre, ás margens do mar morto.



Welington J F.
publicado por wellcorp às 09:51 | link do post

publicado por wellcorp às 17:33 | link do post

publicado por wellcorp às 17:33 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
16
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
comentários recentes
Eu já disse que você é demais, mas, não custa nadi...
Você é um ser lindo!
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
You pretty much said what i could not effectively ...
You pretty much said what i could not effectively ...
Maneiro!
Maneiro!
tags

todas as tags

Posts mais comentados
29 comentários
29 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
subscrever feeds
blogs SAPO