Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados


As Escrituras representam uma carta de amor de Deus pelos seres humanos. Ela acompanha a história humana, desde o início dos tempos, vasculhando o despertar de pessoas para a consciência da presença divina. Ela se traduz em vida, vida humana revestida de Deus, de gente que amou, sofreu, chorou, gritou, perdeu, triunfou, achou, visitando e rememorando coisas invisíveis, apontando para realidades celestiais, evocando memórias, cânticos, lamentações e aflições onde Deus não era coadjuvante, mas trabalhava como um dos principais atores e diretores desta monumental história humana. As Escrituras se traduzem por essas palavras:
Testemunhos.
Memórias.
Cânticos.
Verdade.
Sonhos.
Visões.
Profecias.
Esperança.
Fé.
Milagres.
As histórias de vida e os atos humanos nela retratados tem uma finalidade clara, uma disposição ordenada, planos bem arranjados e definidos, cuja a essência é ENSINAR ao homem como viver sua vida de acordo com o coração de Deus.
Deus se apresentará na história humana, na esperança dos profetas, nos sonhos das crianças, no desenrolar de fatos no transcorrer de 6000 anos de história, em que podemos nos surpreender com o surgimento e o desaparecimento de nações, ou nos deleitarmos com a simplicidade implícita da paixão de um pastor por uma humilde pastora.
Algumas de suas cenas envolverão decisões de caráter internacional como um decreto de genocídio instituído no tempo de Assuero, Outras serão atitudes solitárias de uma mãe que abandona seu filho, como quando Hagar abandona seu filho a uma distancia em que seus olhos possam vê-lo, mas não ouvi-lo, para que seu choro de fome, que não tem como ser saciada, não transpasse seu coração. As Escrituras nos conduzirão ao coração de reis, governantes, mães, órfãos, pastores, sobretudo ao interior de profetas. Como as experiências descritas nela alcançam séculos de história humana, a literatura, a lingüística, a legislação, os costumes influenciaram o texto, sua forma, os recursos de estilo e linguagem peculiar de cada época que recorda os fatos narrados. Mas há uma única visão, um único roteirista por detrás das milhares de cenas transcritas, um ideal, um desejo manifesto, que se traduz pela palavra REVELAÇÃO. Na medida em que descortinamos os efeitos da convivência de homens e mulheres com o misterioso Espírito de Deus, mais nós aprendemos a respeito de seu caráter, de sua pessoa, de seus ideais, dos propósitos aparentemente ocultos que norteiam a razão das coisas. Não há um mundo abandonado a própria sorte que encontraremos na Palavra de Deus. Não 0nos será apresentado na Bíblia uma realidade sem esperança ou um universo que não seja mágico e sobrenatural. Não nos será declarada a independência humana nas Escrituras, antes sua dependência do poder, da graça, do amor e da direção de Deus, para que o ser humano se transforme naquilo que ele foi feito para se tornar.
publicado por wellcorp às 03:49 | link do post


As Escrituras representam uma carta de amor de Deus pelos seres humanos. Ela acompanha a história humana, desde o início dos tempos, vasculhando o despertar de pessoas para a consciência da presença divina. Ela se traduz em vida, vida humana revestida de Deus, de gente que amou, sofreu, chorou, gritou, perdeu, triunfou, achou, visitando e rememorando coisas invisíveis, apontando para realidades celestiais, evocando memórias, cânticos, lamentações e aflições onde Deus não era coadjuvante, mas trabalhava como um dos principais atores e diretores desta monumental história humana. As Escrituras se traduzem por essas palavras:
Testemunhos.
Memórias.
Cânticos.
Verdade.
Sonhos.
Visões.
Profecias.
Esperança.
Fé.
Milagres.
As histórias de vida e os atos humanos nela retratados tem uma finalidade clara, uma disposição ordenada, planos bem arranjados e definidos, cuja a essência é ENSINAR ao homem como viver sua vida de acordo com o coração de Deus.
Deus se apresentará na história humana, na esperança dos profetas, nos sonhos das crianças, no desenrolar de fatos no transcorrer de 6000 anos de história, em que podemos nos surpreender com o surgimento e o desaparecimento de nações, ou nos deleitarmos com a simplicidade implícita da paixão de um pastor por uma humilde pastora.
Algumas de suas cenas envolverão decisões de caráter internacional como um decreto de genocídio instituído no tempo de Assuero, Outras serão atitudes solitárias de uma mãe que abandona seu filho, como quando Hagar abandona seu filho a uma distancia em que seus olhos possam vê-lo, mas não ouvi-lo, para que seu choro de fome, que não tem como ser saciada, não transpasse seu coração. As Escrituras nos conduzirão ao coração de reis, governantes, mães, órfãos, pastores, sobretudo ao interior de profetas. Como as experiências descritas nela alcançam séculos de história humana, a literatura, a lingüística, a legislação, os costumes influenciaram o texto, sua forma, os recursos de estilo e linguagem peculiar de cada época que recorda os fatos narrados. Mas há uma única visão, um único roteirista por detrás das milhares de cenas transcritas, um ideal, um desejo manifesto, que se traduz pela palavra REVELAÇÃO. Na medida em que descortinamos os efeitos da convivência de homens e mulheres com o misterioso Espírito de Deus, mais nós aprendemos a respeito de seu caráter, de sua pessoa, de seus ideais, dos propósitos aparentemente ocultos que norteiam a razão das coisas. Não há um mundo abandonado a própria sorte que encontraremos na Palavra de Deus. Não 0nos será apresentado na Bíblia uma realidade sem esperança ou um universo que não seja mágico e sobrenatural. Não nos será declarada a independência humana nas Escrituras, antes sua dependência do poder, da graça, do amor e da direção de Deus, para que o ser humano se transforme naquilo que ele foi feito para se tornar.
publicado por wellcorp às 03:49 | link do post


Não poderia deixar de celebrar a declaração da minha filha:

"Você é bom..." se referindo a meu conhecimento de informática...

É com muita humildade que recebo este elogio (não tão) consciente das minhas limitações.

Já havia escutado isso do Eduardo Gomes (amigo extremista)... referente a outra área de conhecimento...

Então parafraseando o Salmista... Uma vez foi dito...duas vezes eu ouvi...

No Livro de Salmos há um belo texto:

Uma vez foi dito, porém dua vezes eu escutei, que TODO PODER pertence a Deus.


Por anos eu pensei nessa declaração. E quem a disse, pra quem foi dito., de que modo foi dito. Milhares de vezes, milhares de homens, incluindo vários personagens bíblicos já disseram que todo poder pertence a Deus. Em alguns carros aqui no Rio de Janeiro, lemos nos adesivos que "Tudo é força mas só Deus é poder". Então, entendendo que essa declaração revelada ao coração de do salmista foi feita de modo solene, absurdamente mais grandiosa e anterior aos nossos adesivos automotivos, sei que essa declaração a que Davi se refere não foi manifesta por um Outdoor qualquer a beira das estradas. da vida Não foi, da primeira feita, à uma assembléia humana que tal declaração foi dirigida. E não foi com simples palavras, porém com uma contumaz demonstração de poder, com tamanha manifestação deste poder que tal assembléia perplexada concordou com toda a essencia de sua existencia. que essa declaração era merecedora de crédito. Numa certa odisséia bíblica eu me fiz a seguinte pergunta: Qual foi, dentre as obras do universo, no além ou no aquém, áquela em que Deus manifestou tamanho poder? Qual a maior manifestação divina de poder. A primeira resposta me alcança rápida qual um raio. O próprio universo manifestado do nada pela palavra de Deus é a resposta para o primeiro termo da frase: "Uma vez foi dito que todo o poder pertence a Deus". Se eu fosse um anjo, estaria ainda babando até a presente data, ainda, relembrando o fato. Se tivessem placas pra quantificar o ato de grandeza, qual áquelas dos juízes`em determindas modalidades olímpicas, em todas elas haveria (10).
A grande questão para mim é o ECO, é a segunda vez que DEFINITIVAMENTE, pra toda criatura que existiu, exite ou existirá é CONFIRMADO essa premissa. Eu creio que esse segundo momento já ocorreu. Eu creio que TODO MUNDO que habita as esferas celestiais, arcanjos, anjos, querubins, outras criaturas, seres e etc, já ouviu essa segunda parte da declaração. E ninguém, absolutamente ninguém dentre seres cujo poder desconhecemos, ousa imaginar algo diferente. E se me perguntarem quando tal fato ocorreu, eu vou responder que tem a ver com um tumulo vazio, e com uma jovem de nome Maria agarrada a um cara que ela jurava ser o jardineiro do cemitério, repetindo "Raboni....Raboni... e principalmente com o cara que NÃO ERA o tal jardineiro do cemitério, cemitério este que até aquele amanhecer tinha na sua contagem um morto a mais. Ficando como testemunha dois guardas romanos que se fossem imortais ainda estariam correndo até a presente data, assim como uma pedra solitária com a marcação de uma águia romana que teoricamente representava que só um governante romano tinha autorizaçào para remoção da tal rocha, por sinal removida sem essa tal autorização. E esse certo rancor, manifestado por espíritos de origem incerta, que ainda hoje, gritam:

" Afasta-te de nós, porque viestes nos destruir antes do tempo devido..." ou coisa que o valha toda vez que o nome do cara que não era o jardineiro e que era pra estar ainda enterrado, por essas questões biológicas da vida, é pronunciado por um coração cheio de fé nesta mesma ressurreição.
Esse tal de Jesus de Nazareth. Esse cabra chamado Cristo. Esse que Maria chamou de Raboni. E que TODOS um dia ainda irão chamar de Senhor.

Welington José Ferreira...


Mas, em todo caso, ... continua valendo a afirmativa da minha filha... ( he! he! he! he!!!)
publicado por wellcorp às 17:25 | link do post


Não poderia deixar de celebrar a declaração da minha filha:

"Você é bom..." se referindo a meu conhecimento de informática...

É com muita humildade que recebo este elogio (não tão) consciente das minhas limitações.

Já havia escutado isso do Eduardo Gomes (amigo extremista)... referente a outra área de conhecimento...

Então parafraseando o Salmista... Uma vez foi dito...duas vezes eu ouvi...

No Livro de Salmos há um belo texto:

Uma vez foi dito, porém dua vezes eu escutei, que TODO PODER pertence a Deus.


Por anos eu pensei nessa declaração. E quem a disse, pra quem foi dito., de que modo foi dito. Milhares de vezes, milhares de homens, incluindo vários personagens bíblicos já disseram que todo poder pertence a Deus. Em alguns carros aqui no Rio de Janeiro, lemos nos adesivos que "Tudo é força mas só Deus é poder". Então, entendendo que essa declaração revelada ao coração de do salmista foi feita de modo solene, absurdamente mais grandiosa e anterior aos nossos adesivos automotivos, sei que essa declaração a que Davi se refere não foi manifesta por um Outdoor qualquer a beira das estradas. da vida Não foi, da primeira feita, à uma assembléia humana que tal declaração foi dirigida. E não foi com simples palavras, porém com uma contumaz demonstração de poder, com tamanha manifestação deste poder que tal assembléia perplexada concordou com toda a essencia de sua existencia. que essa declaração era merecedora de crédito. Numa certa odisséia bíblica eu me fiz a seguinte pergunta: Qual foi, dentre as obras do universo, no além ou no aquém, áquela em que Deus manifestou tamanho poder? Qual a maior manifestação divina de poder. A primeira resposta me alcança rápida qual um raio. O próprio universo manifestado do nada pela palavra de Deus é a resposta para o primeiro termo da frase: "Uma vez foi dito que todo o poder pertence a Deus". Se eu fosse um anjo, estaria ainda babando até a presente data, ainda, relembrando o fato. Se tivessem placas pra quantificar o ato de grandeza, qual áquelas dos juízes`em determindas modalidades olímpicas, em todas elas haveria (10).
A grande questão para mim é o ECO, é a segunda vez que DEFINITIVAMENTE, pra toda criatura que existiu, exite ou existirá é CONFIRMADO essa premissa. Eu creio que esse segundo momento já ocorreu. Eu creio que TODO MUNDO que habita as esferas celestiais, arcanjos, anjos, querubins, outras criaturas, seres e etc, já ouviu essa segunda parte da declaração. E ninguém, absolutamente ninguém dentre seres cujo poder desconhecemos, ousa imaginar algo diferente. E se me perguntarem quando tal fato ocorreu, eu vou responder que tem a ver com um tumulo vazio, e com uma jovem de nome Maria agarrada a um cara que ela jurava ser o jardineiro do cemitério, repetindo "Raboni....Raboni... e principalmente com o cara que NÃO ERA o tal jardineiro do cemitério, cemitério este que até aquele amanhecer tinha na sua contagem um morto a mais. Ficando como testemunha dois guardas romanos que se fossem imortais ainda estariam correndo até a presente data, assim como uma pedra solitária com a marcação de uma águia romana que teoricamente representava que só um governante romano tinha autorizaçào para remoção da tal rocha, por sinal removida sem essa tal autorização. E esse certo rancor, manifestado por espíritos de origem incerta, que ainda hoje, gritam:

" Afasta-te de nós, porque viestes nos destruir antes do tempo devido..." ou coisa que o valha toda vez que o nome do cara que não era o jardineiro e que era pra estar ainda enterrado, por essas questões biológicas da vida, é pronunciado por um coração cheio de fé nesta mesma ressurreição.
Esse tal de Jesus de Nazareth. Esse cabra chamado Cristo. Esse que Maria chamou de Raboni. E que TODOS um dia ainda irão chamar de Senhor.

Welington José Ferreira...


Mas, em todo caso, ... continua valendo a afirmativa da minha filha... ( he! he! he! he!!!)
publicado por wellcorp às 17:25 | link do post

Seus irmãos o condenaram a anos de escravidão. Em virtude da inveja que dele possuíam.Depois de muito sofrimento, José se tornou, por força de um sonho, ao qual Deus lhe`concedeu a CORRETA interpretação, o salvador de uma nação. Vinte anos de remorso separavam seus irmãos dele. Quando a crise agravou-se sobre a terra do Egito, aconteceu o reencontro. E um dos mesmos que alegremente lhe oferecera como escravo, agora se ajoelhava diante de um 'desconhecido' disposto a se sacrificar para que nenhum outro de seus irmãos, padeça da sorte daquele que eles um dia haviam sacrificado. José, ministro do Egito, chora emocionado e se diminui voluntariamente. Os irmãos, que viveram de modo diminuto, se engrandecem por seu gesto de amor. O perdão tem uma das maiores celebrações da história. E minha vida, qual a de Simeão, Rubem, Dã, Benjamim, Aser, Naftali, Gade, Levi, Judá, Issacar, Zebulon, Efraim e José, toma sentido nele.

Welington José Ferreira
publicado por wellcorp às 13:59 | link do post

Seus irmãos o condenaram a anos de escravidão. Em virtude da inveja que dele possuíam.Depois de muito sofrimento, José se tornou, por força de um sonho, ao qual Deus lhe`concedeu a CORRETA interpretação, o salvador de uma nação. Vinte anos de remorso separavam seus irmãos dele. Quando a crise agravou-se sobre a terra do Egito, aconteceu o reencontro. E um dos mesmos que alegremente lhe oferecera como escravo, agora se ajoelhava diante de um 'desconhecido' disposto a se sacrificar para que nenhum outro de seus irmãos, padeça da sorte daquele que eles um dia haviam sacrificado. José, ministro do Egito, chora emocionado e se diminui voluntariamente. Os irmãos, que viveram de modo diminuto, se engrandecem por seu gesto de amor. O perdão tem uma das maiores celebrações da história. E minha vida, qual a de Simeão, Rubem, Dã, Benjamim, Aser, Naftali, Gade, Levi, Judá, Issacar, Zebulon, Efraim e José, toma sentido nele.

Welington José Ferreira
publicado por wellcorp às 13:59 | link do post
publicado por wellcorp às 01:09 | link do post
publicado por wellcorp às 01:09 | link do post
Da esquerda para a direita:

Primeira Linha

Mickey
Patolino
Fred Flinkstone
uh?.
Bart
Bob
Gato Felix
Papa-léguas

Segunda

Magie
Zé Colmeia
Uh?
Popeye
Siri Cascudo
Charlie Brown
Pernalonga
Vilma
Supermouse

Terceira

Alceu
Eddie
Pateta
Lula Molusco
Dexter
Snoppy
Macaco Louco
Olivia Palito
Pantera Cor de Rosa

Quarta

Betty Boop
Hei Arnold
Gasparzinho
uh?
Tazz
Bobby
Pink e Cerebro
Marciano
publicado por wellcorp às 18:13 | link do post
Da esquerda para a direita:

Primeira Linha

Mickey
Patolino
Fred Flinkstone
uh?.
Bart
Bob
Gato Felix
Papa-léguas

Segunda

Magie
Zé Colmeia
Uh?
Popeye
Siri Cascudo
Charlie Brown
Pernalonga
Vilma
Supermouse

Terceira

Alceu
Eddie
Pateta
Lula Molusco
Dexter
Snoppy
Macaco Louco
Olivia Palito
Pantera Cor de Rosa

Quarta

Betty Boop
Hei Arnold
Gasparzinho
uh?
Tazz
Bobby
Pink e Cerebro
Marciano
publicado por wellcorp às 18:13 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
21
22
23
25
27
28
29
30
31
comentários recentes
Eu já disse que você é demais, mas, não custa nadi...
Você é um ser lindo!
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
You pretty much said what i could not effectively ...
You pretty much said what i could not effectively ...
Maneiro!
Maneiro!
tags

todas as tags

Posts mais comentados
29 comentários
29 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
subscrever feeds
SAPO Blogs