Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados


O Espírito Santo na família cristã








João 14: 26 Mas Aquele Consolador, O Espírito Santo, Que O Pai Enviará Em Meu Nome,Vos Ensinará Todas As Coisas E Vos Fará Lembrar De Tudo Quanto Vos Tenho Dito.


Ef. 4:8 Pelo Que Diz: Subindo Ao Alto, Levou Cativo O Cativeiro E Deu Dons Aos Homens.


A família que aceita a Jesus como Senhor, necessáriamente será assistida pelo Espírito de Deus, de um modo especial. Deus ama a humanidade, concede a vida a todo ser humano, mas aos que crêem, concede dons espirituais. O profeta Joel anteviu essa realidade no Velho Testamento:

Joel 2:28-30, que diz: “E acontecerá depois que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne; os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos velhos sonharão sonhos, e os vossos jovens terão visões; e até sobre os servos e as servas derramarei o meu espírito naqueles dias.”



Pensamos, como igreja, que os dons se relacionam somente com os propósitos da igreja, sobre os planos proféticos, sobre questões que envolvam as reuniões, as congregações, limitando a manifestação do poder de Deus a grandes assembléias. Reunimos milhares de pessoas e oramos
por elas, pela multidão, pela soma das famílias, por um grupo, onde aguardamos ver coisas fantásticas ocorrendo, curas, sinais, operações milagrosas de todo tipo. Assim vemos os milagres operacionalizados na comunidade dos judeus que em grandes grupos seguia a Cristo, nas reuniões em que os apóstolos presidiam com centenas de pessoas.

Porém, há algo além. Além do grupo e da assembléia, das reuniões. Pertencer a Cristo não se define pelo elo que as famílias possuem com uma denominação ou igreja, ou com uma comunidade cristã. E os dons prometidos e toda sorte de coisas que o Espírito de Deus pode realizar não estão inscritos aquilo que ocorre numa reunião.

O Espírito de Deus deseja se manifestar a cada família de um modo diferenciado, próximo,
cuidando das necessidades específicas de cada uma delas, através daqueles que crêem no seio da própria família.
Minha esposa já sabia sobre o nascimento de minhas filhas, antes que elas nascessem.
O ultrasom não foi mais rápido do que os sonhos em que Deus revelava que elas seriam meninas.
São pais que sonham sobre situações antes que estas ocorram, para que seus filhos não sejam prejudicados. É a mãe que ao procurar uma roupa mais em conta, ora para Deus para que este a conduza a uma liquidação, mesmo quando não sabe ao certo aonde procurar. Certa mãe queria ir ao centro da cidade do Rio, para tentar encontrar com a filha que sairá da faculdade perto do meio-dia. Não sabia se já havia saído do prédio, quando recebeu uma ordem do Espírito de Deus:
- Ela ainda não saiu. Vá até a porta da faculdade ela está descendo-. No instante em que chega, quem desce no exato instante? Sua filha.
Uma filha vai comprar algo para o almoço num self service, e o Espírito diz: "leve algo para sua mãe"



Ela responde: "Ela está no curso, só vai chegar mais tarde e geralmente ela faz seus lanche no caminho"
Então, compra só o suficiente para si. Assim que entra em casa, quem ela encontra? ... sua mãe...
...com fome... que saíra mais cedo do curso... e que teve que se contentar com sanduíche.
Perdeu em algum lugar do quarto bagunçado (certa menina) a sua importantíssima carteira. Equipe de buscas especializadas levariam horas (munidos de equipamentos de alta-tecnologia, scanners 3d, visualizadores espaço-temporais, raios-x com renderização espacial) pra encontrar alguma coisa naquele quarto... (exagero) Cansada de a procurar, ora (!!!) para que Deus lhe indique a localização da carteira.
Uma voz como seu próprio pensamento fala-lhe:
" você a colocou tal dia embaixo de tal e tal livro, dentro de uma caixa assim e assado, bem alí no..." Voilá! Carteira em mãos, grande suspiro e oração de gratidão: "Obrigado Senhor!"


A esposa triste pelo aborto aos três meses de gravidez. O esposo vê uma mão sobrenatural que entra no coração de sua esposa, arrancando lá de dentro uma folha de papel carbono amassada, vê a mão levando o papel até a lixeira do prédio. Vê alí uma coluna de fogo se elevando. Logo após visualiza a mão retornando, reentrando no coração dela e retirando outra folha, absolutamente branca.

Não entendia o significado, até que alguém interpretou-lhe a visão. Deus arrancava a angustia e retirava dela, conceitos, pensamentos imitados, posturas e comportamentos sem valor inspirados por outras pessoas, limpando seu coração, para que ela pudesse reescrever a própria história.

A tia, misto de bruxa com antipatia, resolveu matar a sobrinha. Deu-lhe um pão doce misturado com vidro moído. Após dias de hemorragia e dores, sem um diagnóstico preciso, ela teve um sonho no qual um ancião de vestes brancas aparecia e lhe dizia:

- Leite. Todos os dias, por muitos anos.

Ela viveu até sessenta e poucos anos de idade, com cinco netos... etc.

A sogra está hospitalizada. Quinze dias de UTI. Hemorragia cerebral. A esposa ora. Enquanto ela ora, a sogra monitorada se debate, o que está sobre ela resiste ao poder que sobre ela é manifesto. Mas não suporta e se vai. A sogra se aquieta. Um ano se passou. Até hoje, essa dita sogra, sem nenhuma seqüela, se cansa nas filas dos bancos, INSS, prestações, etc. Está reformando a casa. Na qual eu cresci.

Não importa se sua família é dividida em dois milhões e meio de religiões. Se você vive a base de antidepressivos e seu filho vive uma vida envolvida em entorpecentes. Os dons espirituais foram concedidos às famílias, para que aquilo que a está destruído, seja recriado. Para que a família saiba aonde deve ir, no meio de uma multidão de escolhas, ou para que portas sejam abertas onde não há opção alguma. Os dons do Espírito concedem ao espírito humano perceber o que não pode enxergar naturalmente. Para que este discirna em alguns momentos fundamentais aquilo que nos envolve espiritualmente e pode ser maligno.


Está lá a mulher estranha xingando a todos no hospital de Ipanema, no andar das reuniões dos grupos para redução de estomago. Ela xinga a filha que possui os dons espirituais, que havia levado a mãe para uma das reuniões. A filha olha para ela uma única vez e ordena que ela pare com isso. Esta, a estranha, vira-se mirando quem lhe deu a dita ordem. Então estremece e assusta-se ao ver quem está atrás de quem lhe deu a ordem. Desaparece em silêncio e velozmente pelo corredor do hospital. Os olhos da filha se abrem espiritualmente e ela contempla um grande anjo sobre si. Por isto a mulher estranha fugira.



A criança sonha. O sonho contém a resposta a uma pergunta que sua mãe fizera a Deus.
Está lá a adolescente cheia de raiva. Soterrada em angústias. Sonhando com coisas tenebrosas noite após noite. Então sua mãe ora por ela. Ela se encurva como se quisesse desmaiar. então quando recobra seu vigor, chora e firma-se em Cristo. E já não sentia tamanha angustia. E sua personalidade foi transformada.

Há uma promessa de Deus, para os dias nos quais vivemos, que todo ser humano pode alcançar.
Está a distancia de um desejo. Está a distancia de uma única oração. De um "quero" De um "aceito". Tornar-se parte deste plano, crendo na salvação, na obra da redenção, no amor e no impressionante poder de Jesus. Basta CRER na sua ressurreição, adorá-lo, achegar-se a ele. Basta um desejo, e a festa tem início, um mundo fantástico cuja porta só pode ser aberta através da fé.

É desejo de Deus aproximar-se orientar a família cristã, também de modo sobrenatural. Os pais e filhos, avós e netos devem aprender a sentir, perceber, receber, ver e sonhar.



Welington José Ferreira




Retratação pública: Conforme comentário da menina envolvida na situação exposta sobre o almoço da mãe, retificamos a colocação de que a mãe comeu sanduích. Em nome dos fatos, buscando a acuracidade histórica, mais que a reinterpretação da história, alertamos que na dita experiência, a menina voltou até o self-service e buscou um prato-feito para sua mãe. E que sua mãe almoçou.

Aproveito para lembrar que não está escrito nas Escrituras "paz na terra aos homens de boa-vontade". E sim: Paz na terra, BOA VONTADE para com os homens. Não, isso não tem nada a ver com a retratação, é que eu lembrei agora.

Welington José Ferreira.








publicado por wellcorp às 04:53 | link do post
Que absurdo! A menina voltou no self-service e a mãe dela comeu comida, não um sanduícheee!!! Huahuahuahuahuah
Jess a 26 de Maio de 2008 às 07:29
Adorei tudo que li. Agora estou imaginando como deve ser o quarto da sua filha. rs!
Parabéns pela sua família, que Deus continue abençoando a todos.
Abç
Michele
Michele a 25 de Junho de 2008 às 06:03
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31
comentários recentes
Eu já disse que você é demais, mas, não custa nadi...
Você é um ser lindo!
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
You pretty much said what i could not effectively ...
You pretty much said what i could not effectively ...
Maneiro!
Maneiro!
tags

todas as tags

Posts mais comentados
29 comentários
29 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
blogs SAPO