Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados



O maior profeta que um dia existiu

Jesus afirma que João batista é o maior profeta de todos. E inclui a si mesmo quando assim o afirma,.. Aos olhos do Senhor ele é maior profeta, maior do que ele mesmo. Como se não bastasse tal declaração, afirma ainda que o menor do reino de Deus é maior do que João, a quem acabara de afirmar ser o maior de todos os profetas.

O que afinal de contas, Jesus quis dizer com tal declaração paradoxal? Como entender um ser humano sendo maior profeta do que o próprio Cristo?

Jesus nasceu de mulher?Sim, e o nome dela era Maria. Jesus era profeta?Sim!

Porém, como se explica "E eu vos digo que, entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João o Batista; mas o menor no reino de Deus é maior do que ele". Lucas 7:28

Em duas partes:

Parte 1

A missão maior de Jesus não é a mesma dos profetas. Cada um no seu cada um e cada qual no seu cada qual. O testemunho de Jesus seria a base para o trabalho dos profetas. Ele em si mesmo é uma profecia viva e foi ele o assunto maior, o mais importante no escopo da profecia de todos os que o antecederam. Isaías que o diga. Entretanto, apesar de ser ele o cumprimento vivo das maiores profecias e de nele convergirem todos os eventos que transformam a realidade e que determinam a própria eternidade e o futuro de tudo, enquanto HOMEM, enquanto filho de MARIA, enquanto descendente de DAVI, enquanto herdeiro de ABRÂAO, parente de ADÃO compreende que não exerceu, no decorrer de sua vida humana, um ministério PROFÉTICO tão profundo quanto os outros, cuja MISSÂO na vida era SÓ ESSE, o de profetizar. Não foi pra isso que ele nasceu. A missão maior de Jesus era de EVANGELIZAR, não de PROFETIZAR.

Quando esse arranjo é proposto na eternidade, LOGO, SENDO ASSIM, JESUS NÃO SERIA, O MAIOR PROFETA. Ele não possui e não necessita dessa pretensão.

Isaías 61:1

O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas-novas aos mansos; enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e a abertura de prisão aos presos;

Ele não necessita desse título. Essa posição seria dada a outros, SEPARADOS para exercer em vida esse CARGO até a morte ou até quando Ele, CRISTO, o SENHOR DOS PROFETAS (essa eu inventei,) o determinasse.

Quanto ao termo "MAIOR", consulte tua Septuaginta de bolso, possui o sentido de "o mais importante", "principal", "em primeiro lugar na função", como na passagem "o PAI é MAIOR do que EU" em que JESUS não está declarando sua inferioridade*, mas sua submissão, sua posição na esfera da TRINDADE.

Bom, mas até aqui eu só expliquei METADE da história. A outra METADE:

O QUE QUALIFICA O JOÃO BATISTA A SER O MAIS IMPORTANTE PROFETA DA HISTÓRIA? COMO FICAM: MOISÉS QUE RECEBEU O GENESIS DE BANDEJA? E ISAÍAS QUE ESCREVEU O "EVANGELHO DO VELHO TESTAMENTO" E DANIEL? E JOÃO o APÓSTOLO QUE VIU O NOVO CÉU E A NOVA TERRA?

O QUE DIZEM É o PRECURSOR, tem uma profecia que o chama de "anjo de diante de sua face", ele é o que Preparará o coração de Israel DIRETAMENTE para receber a mensagem de Cristo, por isso é o mais importante.

Não. Não é essa a razão

Outros, até eu, poderiam te informar que ele é o ELO que liga os profetas do Velho Testamento com o primeiro profeta do Novo Testamento, o próprio Cristo, numa belíssima passagem de bastão, dando início a uma nova etapa de profetas, com características diversas de seus antecessores.

Não, ainda não é isso que o torna o mais importante dos profetas.

Também poderia dizer que ele é o último profeta sob a LEI, consagrando o primeiro profeta da era da GRAÇA, numa sobreposição histórica de duas dispensações divinas.

Não. Ainda não é por isso.

A razão de JOÃO, pródigo comedor de gafanhotos, ter sido o mais importante de todos os profetas, é o rio Jordão.

Sem João, não haveria ministério de Jesus. Ele nasceu para dar o Start-Up (início- Termo técnico do pessoal da indústria quando dá início ao processo de uma nova planta). Ele nasceu para cumprir a profecia, que não diz respeito somente a preparar o povo para ouvir o evangelho, ELE é o equivalente de SAMUEL para DAVI, ou o que significou ELIAS para ELISEU. É ele que vai CAPACITAR LEGALMENTE a JESUS para SER O CRISTO. Se Jesus não fosse batizado, não haveria ministério. E sem o ministério de CRISTO, NÂO HAVERIA SALVAÇÃO. Esse CUMPRIMENTO, ESSA DELEGAÇÃO PREVISTA DESDE A ETERNIDADE, era IMPRESCINDÌVEL para CAPACITAR ao CORDEIRO algo sem o qual não poderia reivindicar sua posição diante do PAI (no sentido messiânico).

Esse ato profético de imergir a Jesus nas águas foi tão necessário, tão profundo, tão revestido de significados diante do mundo espiritual, dos anjos, do Pai, da humanidade, que fez de João, o principal, por ter tido a honra de confirmar propósitos ocultos no coração de Deus desde a eternidade.

Quando o PAI vê ao Filho sendo batizado, não consegue conter a alegria e BRADA da eternidade:

"ESTE é meu FILHO AMADO, nEle tenho me comprazido!"

Esse momento foi aguardado pelo Pai desde que ele nasceu (por assim dizer... brincadeira teológica...)

Imediatamente o Espírito Santo é derramado sobre Jesus, e pela primeira, única e ultima vez o ESPÌRITO SANTO é VISTO de modo corpóreo, na forma de uma pomba por um HOMEM (espíritos não têm forma). Verifique de cabo a rabo nas Escrituras e veja se alguém antes ou DEPOIS disto "VIU" ao Espírito Santo.

Esse singelo ato, torna a John, realizador de um dos três maiores eventos PROFÉTICOS da eternidade, o mais importante de todos nós profetas.

no Filho habita CORPORALMENTE a plenitude da Divindade e Deus não pode ser inferior a plenitude de si mesmo.

Antes, todavia três textos:

EVANGELHO SEGUNDO SÃO MATEUS.

Capítulo 5

17. Não julgueis que vim abolir a lei ou os profetas. Não vim para os

abolir, mas sim para levá-los à perfeição.

18. Pois em verdade vos digo: passará o céu e a terra, antes que desapareça um jota, um traço da lei.

19. Aquele que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e ensinar assim aos homens, será declarado o menor no Reino dos céus. Mas aquele que os guardar e os ensinar será declarado grande no Reino dos céus.

18 - 1 Naquela hora chegaram-se a Jesus os discípulos e perguntaram: Quem é o MAIOR no reino dos céus?

18 - 4 Portanto, quem se tornar humilde como esta criança, esse é o MAIOR no reino dos céus.

Conforme relatado, João Batista realiza um dos mais profundos e talvez o mais importante ato profético que um homem poderia realizar, numa época única da história da eternidade, quando o Verbo se fez carne e habitou entre nós. O que fez foi tão grandioso que o torna ímpar na história humana. O que significa que não haverá ato maior a ser realizado por homem algum, seja no milênio, seja na grande tribulação, seja agora, ou na era apostólica que possa se comparar, em grandeza, ao que realizou (o batismo de Jesus nas águas).

Quem pertence ao Reino de Deus? Quem nasce de novo, o novo nascimento é a porta de entrada no Reino. Esse é o grupo do qual tenho agora que avaliar quem é o MAIOR e quem é o MENOR. Eu imaginava que o menor era o novo convertido, o que não tinha um ministério, a ovelha, o que não tem responsabilidade instituída pelo Espírito Santo porque ainda não possui condições de se tornar uma "coluna" no Reino,e o maior, o que tivesse maior responsabilidade. Bem... o conceito de JESUS é mais simples:

MAIOR: Quem cumpre e ensina tudo que ele ordenou.

MENOR. Quem não fizer isto de modo perfeito.

Sendo assim, já que não haverá nada tão MAJESTOSO, nenhuma obra tão DIGNA, nada tão MARAVILHOSO na vida de nosotros que o possamos realizar, ainda que ressuscitemos duas mil pessoas, e se o MENOR vai viver uma vida imperfeita, COMO, PELO AMOR DE DEUS, é que o "menor" pode REALIZAR ALGO MAIOR, MAIS IMPORTANTE DO QUE O QUE JOHN REALIZOU?

EU tenho que lembrar que JESUS não está comparando SERVIÇO COM FILIAÇÃO, ou DIGNIDADE com CAPACIDADE MINISTERIAL, ele está comparando ATOS, OBRAS, REALIZAÇÕES, o quê, pergunto:

O QUE WELINGTON JOSÉ, o menor no reino, FARÁ em VIDA, QUE ATO PROFÈTICO esse sujeito asqueroso, fundador da WELINGTON CORPORATION, essa HOLDING FANTASMA, realizei para ser considerado POR DEUS, maior que JOÃO?

RESPOSTA:

JOÂO 1

12 Mas, a todos quantos o receberam, aos que crêem no seu nome, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus;

13 os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus.

Deus considera o ato de receber a Cristo, crer no testemunho de João e dos Profetas, crer em seu testemunho a respeito de Cristo, ato profético maior que o que João Realizou. DENTRO DO CORAÇÃO DE DEUS QUANDO VOCÊ CRE NO TESTEMUNHO DE JESUS, CRE QUE ELE É O QUE DIZ SER, ACONTECE UM MILAGRE TÃO DESESPERADOR, UMA COISA TÃO IMENSA, QUE TE TORNA, ATRAVÉS DA FÉ, MERECEDOR DESSA DIGNIDADE.

Análise de texto bíblico pela Welington Corporation

publicado por wellcorp às 08:13 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
17
20
21
27
28
29
30
comentários recentes
Eu já disse que você é demais, mas, não custa nadi...
Você é um ser lindo!
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
You pretty much said what i could not effectively ...
You pretty much said what i could not effectively ...
Maneiro!
Maneiro!
tags

todas as tags

Posts mais comentados
29 comentários
29 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
blogs SAPO