Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados
Sobre o tempo




Não deixe que te separe o tempo
de quem você deveria estar amando
Por todos os dias
de sua breve ou longa vida.

Não deixe que o tempo determine,
distancia e o enredo
Zela,
pelos teus amigos
por tua família
pelas pessoas próximas

deixa que teu coração
lembre-se amorosamente
de tudo,
de todos,

fortalecendo as cordas
tecidas pelo infinito
Que não se rompam
Os cordões da amizade
por coisas pequenas

Que você não traga no bojo
de teu passado
Somente memórias vagas
Antes carrega contigo
Em direção de teu amanhã
Teus amores antigos
feitos de gente

Carrega, arrasta, aproxima e busca
esses amores antigos
feitos de gente
Enquanto o coração
teimoso
teimar
em viver.

Do not let the time you separate

who you should be loving

All the days

of your short or long life.


Do not let time determine,

the distance or the plot

fight

by your friends

of your family

and people nearby


let your heart

lovingly remember

all,

all,


strengthening the ropes

woven by the infinite

What does not break

The cords of friendship

over little things


What you do not bring in the bulge

of your past

Only vague memories

Before carrying with you

On the way to your future

Your old loves

made of people


Carry, drag, approach and seeks

these old loves

made of people

While the heart

stubborn

persist

to live


Welington José Ferreira








publicado por wellcorp às 12:37 | link do post
























Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque










As mulheres querem ser amadas
Como as abelhas amam o mel.
elas querem se sentir apaixonadas pela vida,


Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque
Elas querem ser tão cheias de vida
Que até seus os olhos
Sorriam sozinhos


Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque
Elas querem o abraço dos pais
e sua presença
para todo o sempre,

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque

Elas querem ser tratadas como meninas
Mesmo quando a velhice as tornar
Bisavós ou avó de avós.

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque

Elas querem ter uma mão que lhe afague o rosto
no dia das dores


Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque

Uma que lhe aperte as mãos
quando sentirem medo
E elas sentirão medo

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque
Elas querem filhos que resplandeçam como o sol
Que sejam exaltados como as estrelas
E que mesmo tendo apanhado que nem ladrão
pego com as galinhas de nhô Lau,
Amem-nas como se fossem
crianças de colo

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque

Elas querem maridos que se importem
E que se importem em se importar
Querem amigos que as amem
Como somente amigos podem amar

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque

Querem amiga fiéis que possam compartilhar
Suas dore e seus erros,
Anseiam um ombro amigo e carinhoso nas noites de solidão

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque
E um ombro amigo e carinhoso
nas noites de algazarra
Elas anseiam pular fogueiras
E gritar bem alto
que vale a pena viver

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque
E correr como se o vento as dominasse
E correr sobre as poças de água que brilham
iluminadas pela lua
após a chuva
E elas querem se sentir tão lindas
como quando amadas
e conquistadas
pelo homem de sua vida

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque
E elas querem
ter na boca o gosto do vinho
com que festejam o amanhecer que há de vir
E elas querem viver sem medo

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque

Sem medo do amanhã
Crendo que há um Pai
Que é pai de todos
E que delas cuidará
Amando-as como se fossem
Filhas recém nascidas
Criadas em seu colo divino
E elas almejam tocar os céus
E sentir os anjos
E dançar com eles

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque
Elas almejam o beijo apaixonado
Todos os dias de sua vida
E querem ter voz que ressoe como trovão
Ainda que dita entre sussurros
E elas almejam não ter que lutar todos os dias

Carne Griffiths pinturas mulheres e flores com chás vodca e uisque

Por coisas que já deviam ser delas
Almejam descansar em meio a tempestade
E caminhar sobre as águas
E se sentirem tão vivas
Que a própria alegria
Diga que delas
sente ciumes

Texto de Welington escrito para a Barbara Monteiro

 Pinturas de Carne Griffiths
publicado por wellcorp às 11:45 | link do post
Eu já fui tão injustiçado quanto um ser humano poderia ser.
Talvez um pouco menos, afinal as vezes eu exagero,
Mas mesmo assim eu me sinto hoje em especial
Num momento de profunda e terna indignação.
É que essa semana soube que outra vez,
Um determinado grupo de senhores feudais
Se reuniram na calada da noite pra transformar
Meus sonhos de crescimento profissional
Em somente sonhos de crescimento profissional!
E ali na calada da noite em reuniões das quais não participei
E para as quais não fui convidado
Proclamaram meu futuro!
E não me avisaram dele!
Bem que quisera eu opinar
Ou ao menos que levassem em conta
Os longos anos de trabalho árduo
Mas não!
De novo e outra vez
Um novo grupo com velhos ideais
Disse, não pra mim, que não ouvi
Mas para outros,
Que melhor seria
Eu não crescer....


RISOS!

Ei pessoas!
Talvez eu não leve em conta
Os vossos decretos sobre meu amanhã!!!!
Perdoai essa indisciplina juridica
Mas é que na jurisprudencia de meu futuro
Quem tem copetência pra emitir  leis
É DEUS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
publicado por wellcorp às 05:54 | link do post
Eu já fui tão injustiçado quanto um ser humano poderia ser.
Talvez um pouco menos, afinal as vezes eu exagero,
Mas mesmo assim eu me sinto hoje em especial
Num momento de profunda e terna indignação.
É que essa semana soube que outra vez,
Um determinado grupo de senhores feudais
Se reuniram na calada da noite pra transformar
Meus sonhos de crescimento profissional
Em somente sonhos de crescimento profissional!
E ali na calada da noite em reuniões das quais não participei
E para as quais não fui convidado
Proclamaram meu futuro!
E não me avisaram dele!
Bem que quisera eu opinar
Ou ao menos que levassem em conta
Os longos anos de trabalho árduo
Mas não!
De novo e outra vez
Um novo grupo com velhos ideais
Disse, não pra mim, que não ouvi
Mas para outros,
Que melhor seria
Eu não crescer....


RISOS!

Ei pessoas!
Talvez eu não leve em conta
Os vossos decretos sobre meu amanhã!!!!
Perdoai essa indisciplina juridica
Mas é que na jurisprudencia de meu futuro
Quem tem copetência pra emitir  leis
É DEUS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
publicado por wellcorp às 05:54 | link do post
publicado por wellcorp às 16:51 | link do post
publicado por wellcorp às 16:51 | link do post
E se não fizer diferença?
A palavra dita,
O conselho
A exaltada exortação?
E se não encontrar guarida,
Não visitar o sonho,
Não avançar no tempo
Não transformar o mundo?
E nem a mais ninguém?
E se se for só uma esperança malograda
Uma visão otimista deturpada
Uma ilusão dissimulada
Essa de transformar a vida
Através das palavras...
E se antes o vaso que as contém
Se destruir
E se antes a alma que as gritar
Desvanecer
publicado por wellcorp às 11:27 | link do post
E se não fizer diferença?
A palavra dita,
O conselho
A exaltada exortação?
E se não encontrar guarida,
Não visitar o sonho,
Não avançar no tempo
Não transformar o mundo?
E nem a mais ninguém?
E se se for só uma esperança malograda
Uma visão otimista deturpada
Uma ilusão dissimulada
Essa de transformar a vida
Através das palavras...
E se antes o vaso que as contém
Se destruir
E se antes a alma que as gritar
Desvanecer
publicado por wellcorp às 11:27 | link do post
Malfadada escolha.

E se eu tivesse tido a chance
de ter no colo alguém assim
e se eu tivesse tido a oportunidade
de ter ao peito
tamanho Sonho

Tão perto que escutasse
O som de seu coração,
Tão perto que o sentisse

Não prezaria
Ser tão tolo
De perder o direito inalienável
De ter ao peito
Tamanho sonho

Tão perto que escutasse
O som de seu coração,
Tão perto que o sentisse

E se ainda assim
Num momento de loucura
Resolvesse me afastar

Anunciariam nas cidades, vilas
E lugarejos:
Ei! Da tolice,
És hors concours !

Porque não há vida
bastante na vida
E nem tempo
bastante do tempo

Que pudesse validar
Tão malfadada
Escolha...

Welington J. F.
publicado por wellcorp às 09:36 | link do post
Malfadada escolha.

E se eu tivesse tido a chance
de ter no colo alguém assim
e se eu tivesse tido a oportunidade
de ter ao peito
tamanho Sonho

Tão perto que escutasse
O som de seu coração,
Tão perto que o sentisse

Não prezaria
Ser tão tolo
De perder o direito inalienável
De ter ao peito
Tamanho sonho

Tão perto que escutasse
O som de seu coração,
Tão perto que o sentisse

E se ainda assim
Num momento de loucura
Resolvesse me afastar

Anunciariam nas cidades, vilas
E lugarejos:
Ei! Da tolice,
És hors concours !

Porque não há vida
bastante na vida
E nem tempo
bastante do tempo

Que pudesse validar
Tão malfadada
Escolha...

Welington J. F.
publicado por wellcorp às 09:36 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
comentários recentes
Eu já disse que você é demais, mas, não custa nadi...
Você é um ser lindo!
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
You pretty much said what i could not effectively ...
You pretty much said what i could not effectively ...
Maneiro!
Maneiro!
tags

todas as tags

Posts mais comentados
1 comentário
1 comentário
1 comentário
1 comentário
subscrever feeds
SAPO Blogs