Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados
Sobre o comentário não muito feliz do presidente Lula sobre a questão da governabilidade,
quanto cita que para que se Jesus tivesse que governar o estado, necessitaria fazer aliança até com Judas.

Posso dar uma luz interessante ao assunto. Alguns dos comentários no Blog do Valmultran são bem "veementes", mas é uma excelente oportunidade de aprender com algumas das situações que envolvem a colocação de Lula.

Judas na verdade, já fazia parte da equipe de governo, por assim dizer, foi chamado para o "ministério", logo no inicio da jornada do Cristo. Então... em primeira hipótese, o "Judas" que foi um dia aliado de Cristo (que confirma tal tese, dizendo "quem não é contra nós é por nós) ou que sem ir muito longe, é NOMEADO para um CARGO de ALTA RESPONSABILIDADE (nunca houve e nem haverá na terra missão mais solene que aquela para qual os DOZE foram levantados). No desenvolvimento ministerial é que a coisa toma um rumo constrangedor. Judas, responsável pelas FINANÇAS do reino invisível (afinal, Jesus REPRESENTA um reino, o REINO) começa a desviar os RECURSOS necessários para o sustento MINISTERIAL por motivos escusos. O final é um beijo de traição, e trinta moedas de prata tilintando aos pés dos FARISEUS, que usaram a cobiça do homem que falhou para tentar ACABAR de vez com aquela praga da VERDADE, anunciada por aquele que representava a maior ameaça aos status quo político e religioso NORMAL, que uma ameaça poderia representar.
Porque Jesus representa a mudança do modo de pensar da humanidade. O Judas da mídia, o da religião, é sempre o retrato final da vida de um homem derrotado pela ganância. A comparação de Lula é dolorosa porque Jesus representa a verdade absoluta, e Judas nos lembra sempre a traição. Mas não é sobre a luz se associar com as trevas que Lula estava invocando seu pensamento. 
Jesus não necessita de alianças, porque não necessita da anuência humana para GOVERNAR. E certamente toda a terra saberá disso, mas cedo ou mais tarde. O máximo que um político pode ser, esteja ele na posição que estiver, é ser julgado digno de ser MINISTRO de Cristo, de realizar algo que possa representar um pouco de suas realizações. Mas, abaixo dele, o que inclui dos anjos até as larvas, a sociedade humana necessita de consenso, necessita de mutualidade. Não há governabilidade  sem  apoio dos que compartilham o poder de decisão. Não há projeto sem recursos, não há recursos sem apoio legislativo, judiciário, politico-partidário. Lula ou Dilma,   Serra ou Ciro, Welington (eu que escrevo, caso me candidate a presidência) e Marina, não teremos  dentro de um estado democrático e de direito, poderes de realização necessários sem um grupo que assim o conceda. Lula não irá caminhar sobre as águas. Dilma não repreenderá o mar dizendo: Cala-te! Eles não possuem tal autoridade. A autoridade que um político possui é limitada pelas leis que disciplinam seus poderes. E as leis dizem que TODOS devem compartilhar de uma única direção, para fazer esse barco chamado Brasil singrar os mares dos recursos limitados. Porque diferentemente de Jesus, de quem dependem os homens, nós dependemos uns dos outros para realização do bem.  
Então, senhores, parem de CRUCIFICAR o presidente  e releiam as entrelinhas da história. Mesmo porque também, ele, não poderia ressuscitar, para assumir o que é seu de Direito desde o inicio dos tempos, como Jesus o fez. Uma vez morta a identidade de um governo, seus projetos, sua meta, as conquistas forjadas por décadas de mudanças, o que se enterrará num sepulcro de pedra são os sonhos de uma geração. Juntamente com os filhos desta geração.   
E além disso...E se JUDAS deixasse de roubar a bolsa do ministério? E se lá pelas tantas, quando recebeu a comissão, quando orava lá pelos enfermos e esse eram curados (SIM! Diz as Escrituras que ele estava junto com o grupo que recebeu a AUTORIDADE e a EXERCEU de modo CORRETO) esse homem um dia chamado para o MINISTÉRIO caísse em si e resolvesse fazer a sua parte?
E se independentemente da origem política, os homens que forem chamados para participar do novo governo se mostrarem IDONEOS?
E se os homens que serão INDICADOS pelos partidos, REALIZAREM O QUE TEM QUE REALIZAR, com consciência, com  competência, com lealdade, apesar de seus limites humanos, de suas aspirações, e de tudo o mais? E se estes desejarem acertar, trabalhar, cuidando com RESPONSABILIDADE de suas atribuições, nos Ministérios, Diretorias, Gerencias, Coordenadorias, Secretarias?
Esse é o contexto, senhores. Esse é o contexto...

Welington José Ferreira
publicado por wellcorp às 12:34 | link do post
tags:
Sobre o comentário não muito feliz do presidente Lula sobre a questão da governabilidade,
quanto cita que para que se Jesus tivesse que governar o estado, necessitaria fazer aliança até com Judas.

Posso dar uma luz interessante ao assunto. Alguns dos comentários no Blog do Valmultran são bem "veementes", mas é uma excelente oportunidade de aprender com algumas das situações que envolvem a colocação de Lula.

Judas na verdade, já fazia parte da equipe de governo, por assim dizer, foi chamado para o "ministério", logo no inicio da jornada do Cristo. Então... em primeira hipótese, o "Judas" que foi um dia aliado de Cristo (que confirma tal tese, dizendo "quem não é contra nós é por nós) ou que sem ir muito longe, é NOMEADO para um CARGO de ALTA RESPONSABILIDADE (nunca houve e nem haverá na terra missão mais solene que aquela para qual os DOZE foram levantados). No desenvolvimento ministerial é que a coisa toma um rumo constrangedor. Judas, responsável pelas FINANÇAS do reino invisível (afinal, Jesus REPRESENTA um reino, o REINO) começa a desviar os RECURSOS necessários para o sustento MINISTERIAL por motivos escusos. O final é um beijo de traição, e trinta moedas de prata tilintando aos pés dos FARISEUS, que usaram a cobiça do homem que falhou para tentar ACABAR de vez com aquela praga da VERDADE, anunciada por aquele que representava a maior ameaça aos status quo político e religioso NORMAL, que uma ameaça poderia representar.
Porque Jesus representa a mudança do modo de pensar da humanidade. O Judas da mídia, o da religião, é sempre o retrato final da vida de um homem derrotado pela ganância. A comparação de Lula é dolorosa porque Jesus representa a verdade absoluta, e Judas nos lembra sempre a traição. Mas não é sobre a luz se associar com as trevas que Lula estava invocando seu pensamento. 
Jesus não necessita de alianças, porque não necessita da anuência humana para GOVERNAR. E certamente toda a terra saberá disso, mas cedo ou mais tarde. O máximo que um político pode ser, esteja ele na posição que estiver, é ser julgado digno de ser MINISTRO de Cristo, de realizar algo que possa representar um pouco de suas realizações. Mas, abaixo dele, o que inclui dos anjos até as larvas, a sociedade humana necessita de consenso, necessita de mutualidade. Não há governabilidade  sem  apoio dos que compartilham o poder de decisão. Não há projeto sem recursos, não há recursos sem apoio legislativo, judiciário, politico-partidário. Lula ou Dilma,   Serra ou Ciro, Welington (eu que escrevo, caso me candidate a presidência) e Marina, não teremos  dentro de um estado democrático e de direito, poderes de realização necessários sem um grupo que assim o conceda. Lula não irá caminhar sobre as águas. Dilma não repreenderá o mar dizendo: Cala-te! Eles não possuem tal autoridade. A autoridade que um político possui é limitada pelas leis que disciplinam seus poderes. E as leis dizem que TODOS devem compartilhar de uma única direção, para fazer esse barco chamado Brasil singrar os mares dos recursos limitados. Porque diferentemente de Jesus, de quem dependem os homens, nós dependemos uns dos outros para realização do bem.  
Então, senhores, parem de CRUCIFICAR o presidente  e releiam as entrelinhas da história. Mesmo porque também, ele, não poderia ressuscitar, para assumir o que é seu de Direito desde o inicio dos tempos, como Jesus o fez. Uma vez morta a identidade de um governo, seus projetos, sua meta, as conquistas forjadas por décadas de mudanças, o que se enterrará num sepulcro de pedra são os sonhos de uma geração. Juntamente com os filhos desta geração.   
E além disso...E se JUDAS deixasse de roubar a bolsa do ministério? E se lá pelas tantas, quando recebeu a comissão, quando orava lá pelos enfermos e esse eram curados (SIM! Diz as Escrituras que ele estava junto com o grupo que recebeu a AUTORIDADE e a EXERCEU de modo CORRETO) esse homem um dia chamado para o MINISTÉRIO caísse em si e resolvesse fazer a sua parte?
E se independentemente da origem política, os homens que forem chamados para participar do novo governo se mostrarem IDONEOS?
E se os homens que serão INDICADOS pelos partidos, REALIZAREM O QUE TEM QUE REALIZAR, com consciência, com  competência, com lealdade, apesar de seus limites humanos, de suas aspirações, e de tudo o mais? E se estes desejarem acertar, trabalhar, cuidando com RESPONSABILIDADE de suas atribuições, nos Ministérios, Diretorias, Gerencias, Coordenadorias, Secretarias?
Esse é o contexto, senhores. Esse é o contexto...

Welington José Ferreira
publicado por wellcorp às 12:34 | link do post
tags:



Harold Rudolph Foster, cujo pseudónimo é Hal Foster, nasceu em Halifax, na Nova Escócia (Canadá), a 16 de Agosto de 1892. Um dos maiores desenhistas de todos os tempos.



Basta ver uma das ilustrações de seu clássico,
Principe Valente, para se comprovar a frase anterior..
publicado por wellcorp às 13:07 | link do post



Harold Rudolph Foster, cujo pseudónimo é Hal Foster, nasceu em Halifax, na Nova Escócia (Canadá), a 16 de Agosto de 1892. Um dos maiores desenhistas de todos os tempos.



Basta ver uma das ilustrações de seu clássico,
Principe Valente, para se comprovar a frase anterior..
publicado por wellcorp às 13:07 | link do post
O fantasma ladrão que persegue o Mickey desde 1941



O Mancha Negra (Phantom Blot, no original, em Inglês) é um vilão das histórias em quadrinhos (banda desenhada) da Disney. Ele é um dos principais vilões que aparecem nas histórias do Mickey Mouse.
Tradicional inimigo de Mickey, é conhecido por assaltar bancos, deixando como marca pessoal uma mancha de tinta preta. Mickey sempre o apanha em flagrante.
A sua primeira aparição ocorreu na revista norte-americana Mickey Mouse Outwits the Phantom Blot, de Floyd Gottfredson, em 1941. Nos anos 60 ressurge como um dos principais inimigos do Mickey e como "galã" da bruxa Madame Min, em ótimas histórias desenhadas pelo grande artista Paul Murry.




A partir dos anos 70, é personagem frequente nas histórias produzidas no Brasil pela Editora Abril, nas quais aparece como vilão as vezes liderando os Irmãos Metralha e enfrentando também o Pateta, o Superpateta, e o Tio Patinhas

Em determinada história o Macha Negra foi "desmascarado".

Fica aqui uma rara foto deste momento imortalizado num bonequinho...
publicado por wellcorp às 12:55 | link do post
O fantasma ladrão que persegue o Mickey desde 1941



O Mancha Negra (Phantom Blot, no original, em Inglês) é um vilão das histórias em quadrinhos (banda desenhada) da Disney. Ele é um dos principais vilões que aparecem nas histórias do Mickey Mouse.
Tradicional inimigo de Mickey, é conhecido por assaltar bancos, deixando como marca pessoal uma mancha de tinta preta. Mickey sempre o apanha em flagrante.
A sua primeira aparição ocorreu na revista norte-americana Mickey Mouse Outwits the Phantom Blot, de Floyd Gottfredson, em 1941. Nos anos 60 ressurge como um dos principais inimigos do Mickey e como "galã" da bruxa Madame Min, em ótimas histórias desenhadas pelo grande artista Paul Murry.




A partir dos anos 70, é personagem frequente nas histórias produzidas no Brasil pela Editora Abril, nas quais aparece como vilão as vezes liderando os Irmãos Metralha e enfrentando também o Pateta, o Superpateta, e o Tio Patinhas

Em determinada história o Macha Negra foi "desmascarado".

Fica aqui uma rara foto deste momento imortalizado num bonequinho...
publicado por wellcorp às 12:55 | link do post


DuckTales (Duck Tales, Os Caçadores de Aventuras, no Brasil, Patoaventuras em Portugal e DuckTales nos EUA) é o seriado de animação de maior sucesso dos estúdios de Walt Disney, produzido entre 1987 e 1990. Era inspirada nas séries de quadrinhos Disney produzidas, em sua maior parte, por Carl Barks e Romano Scarpa. Foi a série de maior duração já produzida pela Disney, totalizando 100 episódios. Além da série também foi produzido um longa metragem, intitulado "Duck Tales e o Tesouro da Lâmpada Perdida", lançado em 1990, logo após o término da série. O episódio-piloto foi exibido nos Estados Unidos em 11 de setembro de 1987.



Amigos

  • Tio Patinhas - O pato mais rico do mundo. Possui um gigantesco império financeiro cujas matrizes estão na cidade americana de Patópolis. Vivia sozinho numa grande mansão, até que seu sobrinho Donald decidiu servir a Marinha e deixar Huguinho, Zezinho e Luisinho aos cuidados dele. Patinhas está sempre a procura de formas de aumentar e preservar a sua fortuna, procurando tesouros perdidos e fazendo negócios. Se há algo que lhe agrade mais que dinheiro é a família.
  • Huguinho, Zezinho e Luizinho - Sobrinhos de Patinhas, são três gemeos espertos que vivem com Patinhas. São ótimos Escoteiros-mirins, sempre recorrendo ao manual em caso de grande necessidade, o que ocorre com freqüência nas aventuras com seus tios.
    • Huguinho - Huguinho é normalmente o líder. A sua cor é o vermelho.
    • Zezinho - Zezinho é o mais esperto. A sua cor é o azul.
    • Luizinho - Luizinho é o mais criativo. A sua cor é o verde.

  • Leopoldo - Mordomo de Patinhas. Trabalha na mansão desde muito antes de chegarem os sobrinhos e é ele que faz normalmente o trabalho doméstico.
  • Madame Patilda - Ama das crianças e empregada doméstica de Patinhas. Foi contratada para cuidar dos sobrinhos no 3º episódio, indo morar na Mansão Patinhas junto com sua neta, Patrícia. Gosta de muito de cantar.
  • Patrícia - Neta de Patilda, é uma criança adorável. Gosta de fazer festas de chá e brincar com bonecas. É esperta, ingênua e educada, gosta de animais e os seus únicos amigos são os sobrinhos de Patinhas e Asnésio.
  • Capitão Bóing - Piloto de Patinhas, ao contrário da maioria dos personagens, ele não é um pato, e sim um pelicano. É um jovem piloto e aventureiro, adora pilotar, mas normalmente acaba destruindo os aviões. Também é o chefe dos Escoteiros-Mirins.
  • Asnésio - É um amigo de Huguinho, Zezinho e Luisinho, e companheiro deles nos Escoteiros-Mirins de Patópolis. Usa óculos, é gordinho e um pato desajeitado, porém seu bom coração supera todos os seus defeitos. Em um dos episódios, se transforma no Super Asnésio. Em outro episódio, consegue trinfar no beisebol pensando que a bola é um doce de padaria. É o melhor amigo do Capitão Bóing.
  • Professor Pardal - Inventor. Costuma construir invenções que ajudem Patinhas nas suas caças ao tesouro, mas que muitas vezes acabam arranjando mais confusão ainda. Ele tem como companheiro um pequenino robô inventado por ele mesmo, chamado Lampadinha.
  • Pato Donald - Sobrinho. Aparece apenas em alguns episódios da série. Como teve de ir servir à Marinha, deixou a guarda dos seus três sobrinhos com o Patinhas. Em alguns episódios, vemos como é a vida de Donald na Marinha, geralmente seu Almirante o coloca para limpar o navio e os demais marinheiros não entendem o que Donald fala. Os sobrinhos e Donald tem uma relação de grande amizade, ao contrário dos desenhos antigos de Donald, onde os sobrinhos aprontavam com Donald. Aparece apenas na 1ª temporada.
  • Gastão - Sobrinho. O pato mais sortudo do mundo aparece em alguns episódios. Aparece apenas na 1ª temporada.
  • Patralhão - Contador de Patinhas que possui a identidade secreta de Robopato/Gizmo Pato, um super herói de Patópolis, numa sátira ao Robocop. A palavra secreta para se transformar em Robopato era "Baboseira". Aparece apenas a partir da 2ª temporada.
  • Sra. Crackshell - Mãe de Patralhão. É preguiçosa e a única coisa que faz é ver TV. Aparece apenas a partir da 2ª temporada.
  • Bubba - Pato das cavernas. Encontrou-se com Patinhas quando ele visitou a idade da pedra. Decidiu viver com Patinhas no futuro, pois não gostava de viver no passado. Levou junto com ele seu dinossauro de estimação, Dedão. Aparece apenas a partir da 2ª temporada.

Inimigos

  • Pão Duro Mac Mônei- Rival de Patinhas. De origem escocesa (no original, seria sul-africano) é o segundo pato mais rico do mundo. A sua maior ambição é superar o Patinhas em sua fortuna, e está sempre tentando fazê-lo de forma desonesta.
  • Maga Patalójika- Feiticeira. Pensa que se derreter a Moeda Número Um do Tio Patinhas, vai conseguir um amuleto que a fará a pata mais rica do mundo. Em uma das histórias em quadrinhos, ela consegue isso, mas com as Moedas Número Um de outros universos paralelos, mas isso altera a ordem nos universos e ela pecisa destruir o amuleto para tudo voltar ao normal.
  • Os Irmãos Metralha- Grupo de ladrões que tenta sempre assaltar a caixa-forte. Já tentaram centenas de vezes, mas sempre acabam frustrados.
  • Mamãe Metralha - Mãe dos Irmãos Metralha e chefe da quadrilha.
  • Mancha Negra - Aparece em alguns episódios. É um vilão com aspecto de fantasma, só que cor a cor preta. Tem os olhos vermelhos. Vive bolando planos para ser a criatura mais poderosa do mundo.
  • El Capitán- Um velho capitão da armada espanhola. Encontrou o tesouro dos Sóis Dourados, mas perdeu-o num naufrágio quando o barco se afundou num pequeno país chamado Ronguay. Quatrocentos anos depois, El Capitain decide recuperar o tesouro. Mas Patinhas também o quer. A única coisa que o mantém vivo é a febre do ouro.
  • Merlock- Vilão do filme. Possuiu uma lâmpada mágica, mas ela foi roubada por um ladrão chamado Coollei Baba. Mil anos depois, Patinhas encontra o mapa de Coollei Baba.
  • Dijon- Vilão do filme. Trabalhou para Merlock, mas também apareceu em alguns episódios trabalhando para ele mesmo ou McMônei.



publicado por wellcorp às 12:36 | link do post


DuckTales (Duck Tales, Os Caçadores de Aventuras, no Brasil, Patoaventuras em Portugal e DuckTales nos EUA) é o seriado de animação de maior sucesso dos estúdios de Walt Disney, produzido entre 1987 e 1990. Era inspirada nas séries de quadrinhos Disney produzidas, em sua maior parte, por Carl Barks e Romano Scarpa. Foi a série de maior duração já produzida pela Disney, totalizando 100 episódios. Além da série também foi produzido um longa metragem, intitulado "Duck Tales e o Tesouro da Lâmpada Perdida", lançado em 1990, logo após o término da série. O episódio-piloto foi exibido nos Estados Unidos em 11 de setembro de 1987.



Amigos

  • Tio Patinhas - O pato mais rico do mundo. Possui um gigantesco império financeiro cujas matrizes estão na cidade americana de Patópolis. Vivia sozinho numa grande mansão, até que seu sobrinho Donald decidiu servir a Marinha e deixar Huguinho, Zezinho e Luisinho aos cuidados dele. Patinhas está sempre a procura de formas de aumentar e preservar a sua fortuna, procurando tesouros perdidos e fazendo negócios. Se há algo que lhe agrade mais que dinheiro é a família.
  • Huguinho, Zezinho e Luizinho - Sobrinhos de Patinhas, são três gemeos espertos que vivem com Patinhas. São ótimos Escoteiros-mirins, sempre recorrendo ao manual em caso de grande necessidade, o que ocorre com freqüência nas aventuras com seus tios.
    • Huguinho - Huguinho é normalmente o líder. A sua cor é o vermelho.
    • Zezinho - Zezinho é o mais esperto. A sua cor é o azul.
    • Luizinho - Luizinho é o mais criativo. A sua cor é o verde.

  • Leopoldo - Mordomo de Patinhas. Trabalha na mansão desde muito antes de chegarem os sobrinhos e é ele que faz normalmente o trabalho doméstico.
  • Madame Patilda - Ama das crianças e empregada doméstica de Patinhas. Foi contratada para cuidar dos sobrinhos no 3º episódio, indo morar na Mansão Patinhas junto com sua neta, Patrícia. Gosta de muito de cantar.
  • Patrícia - Neta de Patilda, é uma criança adorável. Gosta de fazer festas de chá e brincar com bonecas. É esperta, ingênua e educada, gosta de animais e os seus únicos amigos são os sobrinhos de Patinhas e Asnésio.
  • Capitão Bóing - Piloto de Patinhas, ao contrário da maioria dos personagens, ele não é um pato, e sim um pelicano. É um jovem piloto e aventureiro, adora pilotar, mas normalmente acaba destruindo os aviões. Também é o chefe dos Escoteiros-Mirins.
  • Asnésio - É um amigo de Huguinho, Zezinho e Luisinho, e companheiro deles nos Escoteiros-Mirins de Patópolis. Usa óculos, é gordinho e um pato desajeitado, porém seu bom coração supera todos os seus defeitos. Em um dos episódios, se transforma no Super Asnésio. Em outro episódio, consegue trinfar no beisebol pensando que a bola é um doce de padaria. É o melhor amigo do Capitão Bóing.
  • Professor Pardal - Inventor. Costuma construir invenções que ajudem Patinhas nas suas caças ao tesouro, mas que muitas vezes acabam arranjando mais confusão ainda. Ele tem como companheiro um pequenino robô inventado por ele mesmo, chamado Lampadinha.
  • Pato Donald - Sobrinho. Aparece apenas em alguns episódios da série. Como teve de ir servir à Marinha, deixou a guarda dos seus três sobrinhos com o Patinhas. Em alguns episódios, vemos como é a vida de Donald na Marinha, geralmente seu Almirante o coloca para limpar o navio e os demais marinheiros não entendem o que Donald fala. Os sobrinhos e Donald tem uma relação de grande amizade, ao contrário dos desenhos antigos de Donald, onde os sobrinhos aprontavam com Donald. Aparece apenas na 1ª temporada.
  • Gastão - Sobrinho. O pato mais sortudo do mundo aparece em alguns episódios. Aparece apenas na 1ª temporada.
  • Patralhão - Contador de Patinhas que possui a identidade secreta de Robopato/Gizmo Pato, um super herói de Patópolis, numa sátira ao Robocop. A palavra secreta para se transformar em Robopato era "Baboseira". Aparece apenas a partir da 2ª temporada.
  • Sra. Crackshell - Mãe de Patralhão. É preguiçosa e a única coisa que faz é ver TV. Aparece apenas a partir da 2ª temporada.
  • Bubba - Pato das cavernas. Encontrou-se com Patinhas quando ele visitou a idade da pedra. Decidiu viver com Patinhas no futuro, pois não gostava de viver no passado. Levou junto com ele seu dinossauro de estimação, Dedão. Aparece apenas a partir da 2ª temporada.

Inimigos

  • Pão Duro Mac Mônei- Rival de Patinhas. De origem escocesa (no original, seria sul-africano) é o segundo pato mais rico do mundo. A sua maior ambição é superar o Patinhas em sua fortuna, e está sempre tentando fazê-lo de forma desonesta.
  • Maga Patalójika- Feiticeira. Pensa que se derreter a Moeda Número Um do Tio Patinhas, vai conseguir um amuleto que a fará a pata mais rica do mundo. Em uma das histórias em quadrinhos, ela consegue isso, mas com as Moedas Número Um de outros universos paralelos, mas isso altera a ordem nos universos e ela pecisa destruir o amuleto para tudo voltar ao normal.
  • Os Irmãos Metralha- Grupo de ladrões que tenta sempre assaltar a caixa-forte. Já tentaram centenas de vezes, mas sempre acabam frustrados.
  • Mamãe Metralha - Mãe dos Irmãos Metralha e chefe da quadrilha.
  • Mancha Negra - Aparece em alguns episódios. É um vilão com aspecto de fantasma, só que cor a cor preta. Tem os olhos vermelhos. Vive bolando planos para ser a criatura mais poderosa do mundo.
  • El Capitán- Um velho capitão da armada espanhola. Encontrou o tesouro dos Sóis Dourados, mas perdeu-o num naufrágio quando o barco se afundou num pequeno país chamado Ronguay. Quatrocentos anos depois, El Capitain decide recuperar o tesouro. Mas Patinhas também o quer. A única coisa que o mantém vivo é a febre do ouro.
  • Merlock- Vilão do filme. Possuiu uma lâmpada mágica, mas ela foi roubada por um ladrão chamado Coollei Baba. Mil anos depois, Patinhas encontra o mapa de Coollei Baba.
  • Dijon- Vilão do filme. Trabalhou para Merlock, mas também apareceu em alguns episódios trabalhando para ele mesmo ou McMônei.



publicado por wellcorp às 12:36 | link do post

Parabéns!!! Já fazem um milhão de anos que você nasceu!!! Tá na hora de nascer de novo!!!E não digo isso como do cara que escapa do acidente por um triz...
Neste meu caso... - .Jesus está chamando - não é sinonimo de avião caindo ou barco afundando...É só o singelo chamado, muito simples mesmo, pra dar um chute na bunda de Darwin e toda a escola dos muitos mortos fabulosamente incrédulos que te ensinaram a pensar como se o céu fosse uma luta amarga das tuas sinapses por um pouco mais de endomorfinas, deixando de lado o racionalismo e a dialética da ilógica humana. Aproveita essa hora, pra aventura final, sem escrúpulos, sem retorno, de entrar pela porta chamada Cristo e fazer parte dos que amam os profetas, olham para o sobrenatural como para quem come banana com mel... destes que fecham os olhos e percebem os anjos, que erguem as mãos para cantar pra aquele... que hoje mostra para os médicos em toda a terra... quem é, de verdade,  o Senhor da Vida. 

Aproveita esse teu um milhão de anos vendo com os olhos naturais para crer nas Escrituras como num modelo 3d de anatomia, 
e a ler sobre milagres na Escritura como se todo o resto da vida fosse só um diagnóstico imperfeito.
Acrescenta mágica a essa tua caminhada humana, fé a dimensão dos teus pensamentos, poder a essa tua limitação humana, deixe que línguas faladas por anjos encham tua boca, canticos de seres celestiais encham a tua mente no anoitecer. 

Vem abrir os olhos pra fazer parte do circulo dos profetas, dos loucos, dos visionários. Dos que crêem no Édem, na eternidade, no monte tremendo e queimando na noite em que Moisés recbeu a Lei em tábuas de pedra, escritas pelo dedo do próprio Deus...em hebraico antiquissimo...afinal era essa a língua do futuro povo de Israel.
 

Então, nesse teu um milhão de anos vividos, o que quero pro teu aniversário é só a ETERNIDADE. Ao lado do sujeito cuspido, rido e zombado, de quem o soldado louco gritou: desce da cruz!!!
E veja... não é que desceu? 

E também...caraca... subiu. 
Até onde está, bem alto, aguardando essa tua loucura, de crê-lo.

de crê-lo...


Para Daniel aniversáriando 20/10/2009

Félicitations! Ça a été un million d'années que vous étiez né! Il est temps de renaître! Et ne dites pas cela comme le gars qui échappe à l'accident par un cheveu ...
Dans mon cas ... -. Jésus appelle - n'est pas synonyme de chute d'avion ou le naufrage bateau ... C'est juste la simple appel, même très simples, pour donner un coup de pied au cul à Darwin et à toute l'école de nombreux morts incroyants fabuleusement qui vous a appris à penser comme si le ciel était d'un âpre combat de vos synapses d'un peu plus d'endorphines, laissant de côté le rationalisme et la dialectique de l'être humain illogique. Rend cette fois, à l'aventure ultime, sans scrupules, sans retour, entrant par la porte qu'on appelle Christ et faire partie de ceux qui aiment les prophètes, regardez pour le surnaturel et pour ceux qui mangent de la banane avec du miel ... ceux qui ferment les yeux et réaliser les anges, qui lèvent la main pour chanter ça ... aujourd'hui montre que pour les médecins dans tout le pays ... qui est, en effet, le Seigneur de la Vie.

Rend ici un million d'années voir avec des yeux naturel de croire les Écritures comme un modèle 3D de l'anatomie,

et lire sur les miracles dans l'Écriture comme le reste de la vie était juste un diagnostic erroné.
Il ajoute la magie à votre marche cette foi de l'homme de la taille de vos pensées, votre pouvoir de cette limitation de l'homme, que les langues parlées par les anges de remplir votre bouche, des chansons de la céleste remplir votre esprit dans le noir.

Venez ouvrir vos yeux à faire partie du cercle des prophètes, des fous, le visionnaire. De ceux qui croient en Eden, à l'éternité, dans la montagne tremble et brûle la nuit, quand Moïse doit recevoir la Loi sur les tablettes de pierre, écrites du doigt de Dieu lui-même ... en hébreu ancien ... enfin ce fut la langue de l'avenir des gens Israël.
 

Donc, dans ton millions d'années de vie, ce que je pro votre anniversaire est juste ÉTERNITÉ. À côté du gars sur craché, rire et se sont moqués, que le soldat fou crié descendu de la croix!
And see ... ne pas descendre?

Aussi ...... rose.

Même là où il est, à grands cris, en attendant que cette folie vous, croyez-le.

pour le croire ...

Welington José Ferreira 
publicado por wellcorp às 17:50 | link do post

Parabéns!!! Já fazem um milhão de anos que você nasceu!!! Tá na hora de nascer de novo!!!E não digo isso como do cara que escapa do acidente por um triz...
Neste meu caso... - .Jesus está chamando - não é sinonimo de avião caindo ou barco afundando...É só o singelo chamado, muito simples mesmo, pra dar um chute na bunda de Darwin e toda a escola dos muitos mortos fabulosamente incrédulos que te ensinaram a pensar como se o céu fosse uma luta amarga das tuas sinapses por um pouco mais de endomorfinas, deixando de lado o racionalismo e a dialética da ilógica humana. Aproveita essa hora, pra aventura final, sem escrúpulos, sem retorno, de entrar pela porta chamada Cristo e fazer parte dos que amam os profetas, olham para o sobrenatural como para quem come banana com mel... destes que fecham os olhos e percebem os anjos, que erguem as mãos para cantar pra aquele... que hoje mostra para os médicos em toda a terra... quem é, de verdade,  o Senhor da Vida. 

Aproveita esse teu um milhão de anos vendo com os olhos naturais para crer nas Escrituras como num modelo 3d de anatomia, 
e a ler sobre milagres na Escritura como se todo o resto da vida fosse só um diagnóstico imperfeito.
Acrescenta mágica a essa tua caminhada humana, fé a dimensão dos teus pensamentos, poder a essa tua limitação humana, deixe que línguas faladas por anjos encham tua boca, canticos de seres celestiais encham a tua mente no anoitecer. 

Vem abrir os olhos pra fazer parte do circulo dos profetas, dos loucos, dos visionários. Dos que crêem no Édem, na eternidade, no monte tremendo e queimando na noite em que Moisés recbeu a Lei em tábuas de pedra, escritas pelo dedo do próprio Deus...em hebraico antiquissimo...afinal era essa a língua do futuro povo de Israel.
 

Então, nesse teu um milhão de anos vividos, o que quero pro teu aniversário é só a ETERNIDADE. Ao lado do sujeito cuspido, rido e zombado, de quem o soldado louco gritou: desce da cruz!!!
E veja... não é que desceu? 

E também...caraca... subiu. 
Até onde está, bem alto, aguardando essa tua loucura, de crê-lo.

de crê-lo...


Para Daniel aniversáriando 20/10/2009

Félicitations! Ça a été un million d'années que vous étiez né! Il est temps de renaître! Et ne dites pas cela comme le gars qui échappe à l'accident par un cheveu ...
Dans mon cas ... -. Jésus appelle - n'est pas synonyme de chute d'avion ou le naufrage bateau ... C'est juste la simple appel, même très simples, pour donner un coup de pied au cul à Darwin et à toute l'école de nombreux morts incroyants fabuleusement qui vous a appris à penser comme si le ciel était d'un âpre combat de vos synapses d'un peu plus d'endorphines, laissant de côté le rationalisme et la dialectique de l'être humain illogique. Rend cette fois, à l'aventure ultime, sans scrupules, sans retour, entrant par la porte qu'on appelle Christ et faire partie de ceux qui aiment les prophètes, regardez pour le surnaturel et pour ceux qui mangent de la banane avec du miel ... ceux qui ferment les yeux et réaliser les anges, qui lèvent la main pour chanter ça ... aujourd'hui montre que pour les médecins dans tout le pays ... qui est, en effet, le Seigneur de la Vie.

Rend ici un million d'années voir avec des yeux naturel de croire les Écritures comme un modèle 3D de l'anatomie,

et lire sur les miracles dans l'Écriture comme le reste de la vie était juste un diagnostic erroné.
Il ajoute la magie à votre marche cette foi de l'homme de la taille de vos pensées, votre pouvoir de cette limitation de l'homme, que les langues parlées par les anges de remplir votre bouche, des chansons de la céleste remplir votre esprit dans le noir.

Venez ouvrir vos yeux à faire partie du cercle des prophètes, des fous, le visionnaire. De ceux qui croient en Eden, à l'éternité, dans la montagne tremble et brûle la nuit, quand Moïse doit recevoir la Loi sur les tablettes de pierre, écrites du doigt de Dieu lui-même ... en hébreu ancien ... enfin ce fut la langue de l'avenir des gens Israël.
 

Donc, dans ton millions d'années de vie, ce que je pro votre anniversaire est juste ÉTERNITÉ. À côté du gars sur craché, rire et se sont moqués, que le soldat fou crié descendu de la croix!
And see ... ne pas descendre?

Aussi ...... rose.

Même là où il est, à grands cris, en attendant que cette folie vous, croyez-le.

pour le croire ...

Welington José Ferreira 
publicado por wellcorp às 17:50 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
22
23
24
25
27
31
comentários recentes
Eu já disse que você é demais, mas, não custa nadi...
Você é um ser lindo!
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
tudo precisa de fundamento:oque significa raiz ori...
You pretty much said what i could not effectively ...
You pretty much said what i could not effectively ...
Maneiro!
Maneiro!
tags

todas as tags

Posts mais comentados
29 comentários
29 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
3 comentários
3 comentários
subscrever feeds
SAPO Blogs