Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Welington Corporation

Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados

Um Blog de poesia, imagens estudos das Escrituras, mensagens e textos engraçados

Welington Corporation

03
Mar08

Deixe estar

wellcorp


Lançarei
Os meus sonhos
Arremesso esta vida em Deus
Qual a pedra
Lançada num enorme lago
Confiarei
Que além das campinas geladas
Há maior pasto verde
Qual eu nunca vi
Se o bem é uma escolha
As vezes ingrata
Vale mais a vingança
Do que mesmo a vida
Se não houver mais sentido
Em ser assim digno
Se não houver
Na balança
Um pender pra glória
Se o poder for lugar
para o maldizente
Se opor-se a vida
For a condição
Deixa então
Que eu seja
A folha rebelde
Que recusa
O vento
e sua perdição
Deixa que
Eu rejeite a verdade
Que é tão aparente
E a certeza de quem
Nunca conseguiu crer
Não há vida
Na aposta num reino de sombras
Não há paz em viver
Somente o que é possível
Deixem que escrevam
Como epitáfio
Que morreu
Por que cria
Em poder viver
Sobre os ditos
E palavras de antigos profetas
Em visões que sonharam
Esses homens loucos
Sobre extases tidos
De gente tremendo
Sob a voz
De quem um dia
Por mim suou sangue
Deixe estar!
Basta a mim!
mais que toda
a falácia da filosofia
Mais do que
Tudo que a minha mente medita
das canções
De homens cheios do Espírito
De mulheres dançando
Com seus tambores
Deixa estar
Deixe que também siga
o caminho
Entre aqueles
que a ele abraçaram
Venham ver!
Venham ver!
Eis que sou solidário
Com o ter
tal certeza
Deste mágico
Amanhecer

Eu serei
Mais que aquilo
Que foram os homens
Que disseram
Não haver nada mais
Nada mais em que crer
Deixe estar,
Deixe estar,
O amanhã chega cedo
E quem crer
Acordará primeiro
E quem disse
Quem viveu
Como fosse achado
Como se sempre soubesse


Welington José Ferreira

Se perdeu
para sempre


E jamais
de seu sono
novamente
acordou

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub